Leia também:
X Lula visitará assentamento do MST em Londrina, no sábado

Bolsonaro define ministros que sairão do governo pelas eleições

Presidente participou de uma reunião ministerial nesta quinta-feira

Henrique Gimenes - 17/03/2022 17h12 | atualizado em 17/03/2022 17h48

Presidente Jair Bolsonaro Foto: EFE/ Joédson Alves

Nesta quinta-feira (17), o presidente Jair Bolsonaro realizou uma reunião ministerial com todos os titulares dos Ministérios de seu governo. E durante o encontro, ficou definido quais serão os nomes que sairão das Pastas para a disputa das eleições.

Os ministros terão até o dia 2 de abril para deixarem os cargos, prazo definido pela legislação eleitoral.

Os nomes que deixarão o governo são:

João Roma (Cidadania);
Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia);
Damares Alves (Direitos Humanos);
Tarcísio de Freitas (Infraestrutura);
Flávia Arruda (Secretaria de Governo);
Tereza Cristina (Agricultura);
Onyx Lorenzoni (Previdência e Trabalho);
Gilson Machado (Turismo);
Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional);
Walter Braga Netto (Defesa).

Durante sua live semanal da última quinta-feira (10), Bolsonaro já havia mencionado os nomes e dito a quais cargos eles iriam concorrer.

– Aproximadamente oito ministros deixarão os ministérios para poder concorrer às eleições. A Damares [da Mulher, Família e Direitos Humanos] vai pelo Amapá. É isso mesmo? Em Pernambuco, Gilson [Machado, do Turismo] vai pelo Senado. Em São Paulo, Tarcísio [de Freitas, da Infraestrutura] pelo governo. No Rio Grande do Norte, Rogério Marinho [do Desenvolvimento Regional], Senado. Rio Grande do Sul, Onyx [Lorenzoni, do Trabalho], governador – explicou.

Ele então continuou:

– Tereza Cristina [da Agricultura] no Mato Grosso do Sul, Senado. No DF, Flávia Arruda [da Secretaria de Governo], Senado. Na Bahia, João Roma [da Cidadania], governador. E vamos ter um ministro por aí. Um assessor direto meu será suplente, o Tércio [Arnaud Tomaz] (…) No momento temos sete ministros confirmados que se afastarão – destacou.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.