Leia também:
X Após ataque, mãe de jovem fã de Michelle faz vaquinha por ateliê

Bolsonaro compara público enorme de sua live com público pífio de live do PT

Presidente afirmou que a diferença é uma prova de que "as pesquisas não batem com a realidade"

Henrique Gimenes - 11/02/2022 15h52 | atualizado em 11/02/2022 16h48

Presidente Jair Bolsonaro em sua live semanal Foto: Reprodução/Print de vídeo publicado por Jair Bolsonaro nas redes sociais

Nesta quinta-feira (10), durante sua tradicional live pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro comparou o público em sua transmissão ao vivo com o público que assistia à live pelo aniversário do PT e associou os números às pesquisas eleitorais. De acordo com o chefe do Executivo, a diferença é uma “prova concreta” de que existe farsa nas pesquisas de intenção de voto.

Durante a live, Bolsonaro citou os números e revelou que “as pesquisas não batem com a realidade”.

– Número não dá para distorcer. As nossas mídias sociais, Facebook, YouTube, Instagram e TikTok, [têm] 50 mil [usuários]. Pingos nos Is, da Jovem Pan, 140 mil. Então, arredondando, 190 mil pessoas estão nos assistindo. E, para vocês, quero fazer a propaganda do site do PT. No momento, o PT está fazendo uma live, aniversário do mesmo, [com] 1,2 mil pessoas assistindo[-a], contra 190 mil do lado de cá. Dá 150 vezes. Então, o líder das pesquisas tem 50 vezes menos [pessoas lhe] assistindo. É uma prova concreta de que é uma farsa; as pesquisas não batem com a realidade. E todo mundo sabe o que está em jogo – apontou.

Leia também1 Bolsonaro diz que Mourão ‘está querendo um beijinho’
2 Perguntas das Forças Armadas tem 'certo grau de complexidade', diz TSE
3 Mourão confirma que será candidato ao Senado pelo RS
4 Jair Bolsonaro: "Tirei dinheiro de ONG do MST. Não tem mais MST"
5 Haia diz que denúncias sobre Covid não são de sua jurisdição

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.