Leia também:
X PGR aguarda provas da CPI para denúncias contra Bolsonaro

Após ser “enquadrado” pela PF, Moro diz ‘respeitar a corporação’

Ex-ministro da Justiça disse que a PF voltará a ser valorizada

Henrique Gimenes - 15/02/2022 21h42 | atualizado em 16/02/2022 13h35

Ex-ministro da Justiça Sergio Moro Foto: Estadão Conteúdo/Ernesto Rodrigues

Após a Polícia Federal (PF) afirmar em nota que o pré-candidato do Podemos à Presidência, Sergio Moro, mentiu durante uma entrevista à Jovem Pan, o ex-ministro da Justiça se manifestou. Em suas redes sociais, ele disse ter respeito pela corporação e por todos os seus integrantes e afirmou a PF voltará a ser valorizada.

Nesta segunda-feira (14), durante participação no programa Pânico, da Jovem Pan, Moro afirmou que a PF não estava atuando mais para combater a corrupção no Brasil e que isso seria um resultado de nomeações feitas pelo presidente Jair Bolsonaro.

Após o episódio, a corporação divulgou a nota dizendo que “Moro mente quando diz que ‘hoje não tem ninguém no Brasil sendo investigado e preso por grande corrupção’” e lembrou que já foram efetuadas “mais de mil prisões, apenas por crimes de corrupção, nos últimos três anos”. Além disso, ressaltou que o “papel da corporação não é produzir espetáculos”, mas sim “conduzir investigações, desconectadas de interesses político-partidários”.

Moro, no entanto, compartilhou uma reportagem do Estadão que foi publicada pelo jornal Correio Braziliense no início deste mês apontando que “prisões da PF por corrupção têm menor patamar em 14 anos”. De acordo com o texto, “foram 143 prisões entre janeiro e setembro, uma redução de 44% em comparação ao mesmo período de 2020”.

O ex-ministro então disse que a corporação pode contar com ele para “continuar sendo uma das instituições mais respeitadas no combate ao crime”.

– Eu respeito muito a PF, os delegados, agentes, escrivães, peritos, papiloscopistas e servidores. Este momento vai passar. Vocês vão voltar a ser valorizados. Contem comigo para continuar sendo uma das instituições mais respeitadas no combate ao crime – destacou.

Leia também1 PF rebate ataques de Moro e diz que ex-ministro “mente”
2 Ciro Gomes volta a dizer que Sergio Moro não será candidato
3 Moro rebate Lula: 'Não preciso de toga para enfrentar ninguém'
4 "Aquele homem sem toga não vale nada", diz Lula sobre Moro
5 STF: Moro promete ministros 'terrivelmente anticorrupção'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.