Leia também:
X Ibope: Bolsonaro, cada vez mais popular, tem 40% de aprovação

Globo muda regra para debates e irrita candidatos nanicos

Guilherme Boulos e Arthur do Val se manifestaram contra nova regra

Gabriela Doria - 24/09/2020 15h13 | atualizado em 24/09/2020 16h58

Debate eleitoral na Globo terá mudanças Foto: Reprodução

A Rede Globo alterou as regras para seus debates eleitorais nas capitais e desagradou diversos pré-candidatos. Em função da pandemia, a emissora colocou como condição que apenas os quatro primeiros colocados nas pesquisas poderão participar do tradicional debate, que é considerado decisivo para as eleições.

Desde que foi anunciada a mudança, postulantes têm tentado fazer a emissora mudar ideia, o que é improvável. Segundo o diretor de jornalismo da emissora, é inviável receber todos os candidatos para o debate.

– Para se ter uma ideia, com 10 candidatos, considerando que cada um possa ser acompanhado de apenas dois assessores (no passado esse número era superior a dez), haveria 30 pessoas ligadas às campanhas no estúdio num debate de primeiro turno. Acrescentando a equipe da Globo minimamente necessária para realizar o evento com qualidade, esse número supera 200 pessoas, incluindo jornalistas, câmeras, produtores, profissionais da sala de controle técnico, tecnologia, comunicação, operações e segurança (num debate normal, com plateia e convidados, é o dobro disso). Não há protocolo sanitário que garanta a saúde aos profissionais da Globo e aos candidatos. A Globo vai lutar por esse acordo – explicou.

Para que o debate aconteça, os partidos terão que entrar em consenso e se adaptar às condições impostas pela Globo. O critério de avaliação levará em conta a posição dos candidatos segundo pesquisas eleitorais feitas pelo Ibope ou pelo Datafolha.

As pré-campanhas de candidatos menos expressivos já começaram a se mexer. Para Josué Rocha, coordenador da pré-campanha de Guilherme Boulos à Prefeitura de São Paulo, a decisão favorece “candidaturas que têm mais estrutura e tempo de TV”.

– Uma decisão equivocada que esperamos que seja revista pela emissora. As concessões de TV cumprem um papel de fundamental importância para a vida democrática do País. É possível realizar debates tomando todas as precauções sanitárias. Tampouco faz sentido a suspensão das tradicionais entrevistas. Neste caso, em especial, as sabatinas poderiam ser realizadas à distância, sem a presença no estúdio. Temos plena consciência dos desafios que a pandemia nos impõe enquanto sociedade, porém não podemos abrir brechas que coloquem em risco os princípios democráticos. A inesperada decisão da emissora dificulta o debate e tem efeito direto: favorecer candidaturas que têm mais estrutura e tempo de TV. Também abre uma perigosa janela para que as fake news ganhem mais relevância como instrumento político por aqueles que agem à margem da ética e sob premissas de má fé. Reiteramos que tal posição da TV Globo seja revista – afirmou.

Outro que não gostou nada da decisão da Globo foi Arthur do Val, conhecido como Mamãe Falei, que também concorre à prefeitura de São Paulo. Ele afirmou que a restrição fere “o princípio da isonomia” entre os candidatos.

– Sou totalmente contra. Essa postura fere, em primeiro lugar, o princípio da democracia. Há, inclusive, legislação sobre isso. A Lei Eleitoral dá paridade, igualdade de condições a todos os candidatos. É o princípio da isonomia. Em segundo lugar, priva o eleitor do direito de conhecer os candidatos, suas propostas, posicionamentos e, principalmente, o que pretendem fazer pela sua cidade, seu bairro, e em relação aos mais variados temas, como educação, saúde, transporte, habitação, meio-ambiente e tantos outros problemas para a melhoria da qualidade de vida da comunidade. Só para lembrar, nas últimas eleições, os vencedores em Santa Catarina, Rio de Janeiro e Minas Gerais, por exemplo, não ocupavam as primeiras posições na campanha eleitoral e acabaram vencedores – lembrou.

Leia também1 Mesários e eleitores temem contaminação nas Eleições 2020
2 SP: Apoio de Bolsonaro coloca Russomanno em 1º na disputa
3 Eleições 2020: Saiba quem são os candidatos a prefeito do RJ
4 Conheça os candidatos a prefeito de Belo Horizonte em 2020
5 Saiba quais as datas do 1º e do 2º turno das eleições de 2020

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.