Leia também:
X Band critica Bolsonaro por ‘comer sem máscara’, mas apaga

Deputados propõem concessão de honraria a PM morto no RJ

Cabo Derinaldo Cardoso foi assassinado após tentar evitar um assalto em Mesquita

Paulo Moura - 07/12/2020 15h07

Cabo Derinaldo Cardoso foi morto durante assalto em Mesquita Foto: Reprodução

Os deputados estaduais Anderson Moraes (PSL-RJ) e Charlles Batista (Republicanos-RJ) ingressaram com uma proposta na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) nesta segunda-feira (7), para que seja concedida ao cabo Derinaldo Cardoso dos Santos, morto durante um assalto em Mesquita, a Medalha Tiradentes “post mortem”. A honraria é a mais importante concedida pela Casa.

– Essa homenagem é o mínimo que podemos fazer para tentar confortar a família de um herói que foi brutalmente assassinado, com um tiro pelas costas, na tentativa de proteger o cidadão de bem. Todas as vidas importam! – afirmou Anderson Moraes, ao justificar a concessão da medalha.

Os parlamentares também protocolaram a criação do Diploma Policial Cabo Cardoso, que será destinado a premiar agentes de Segurança Pública que, reconhecidamente, atuem de forma significativa na manutenção da segurança e vida da população.

– Toda homenagem é justa é necessária pelo risco da profissão, precisamos reconhecer e celebrar o valoroso trabalho dos profissionais da segurança pública em benefício da sociedade – destacou Charlles Batista.

O cabo Derinaldo Cardoso trabalhava no 20° BPM (Mesquita) e chegou a ser levado em estado gravíssimo para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI). Ele passou por uma cirurgia de emergência, ficou internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da unidade, mas não resistiu aos ferimentos.

Leia também1 Ladrão confessa que atirou em PM em assalto à Casa & Video
2 Ficha de assassino de PM da Casa & Video vai de homicídio a roubo
3 Autor do tiro que matou policial em Mesquita é preso pela polícia
4 Bandido mata policial na Casa & Vídeo e esquerda se cala
5 Cidadãos se revoltam com morte de PM: #VidasPoliciaisImportam

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.