Leia também:
X Moro diz que será “detector de mentiras” de Lula em debate

TSE recomenda uma ‘cola’ para ajudar eleitor na votação

Um papel com os números pode ser útil de modo a agilizar o processo e evitar filas

Pleno.News - 29/09/2022 11h09 | atualizado em 29/09/2022 11h23

Urna eletrônica Foto: Antonio Augusto / Ascom / TSE

Cinco cargos estão em disputa nas eleições do próximo domingo, dia 2 de outubro. Além do presidente da República e do governador de cada estado, serão escolhidos senadores, deputados federais e deputados estaduais. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recomenda que o eleitor leve uma “colinha” à cabine de votação para lembrar os números dos candidatos.

Cada cargo é identificado por um número específico de dígitos. A ordem de exibição nas urnas é a seguinte: deputado federal (quatro dígitos), deputado estadual (cinco dígitos), senador (três dígitos), governador (dois dígitos) e presidente (dois dígitos).

O eleitor não é obrigado a imprimir ou fazer a cola, mas ela pode ser bem útil na hora de digitar todos os números na urna, de modo a agilizar o processo e evitar filas. Vale lembrar que será proibido levar o celular à cabine de votação este ano: não será possível usar o dispositivo para lembrar os dígitos.

ORDEM DE VOTAÇÃO
– Deputada ou deputado federal;
– Deputada ou deputado estadual;
– Senadora ou senador;
– Governadora ou governador;
– Presidente da República.

Modelo de cola que pode ser feito

*AE

Leia também1 Jair Bolsonaro reage a críticas feitas por Joaquim Barbosa
2 Confira alguns famosos que são apoiadores de Bolsonaro
3 Confira famosos que declararam apoio a Lula à Presidência
4 Angélica revela voto após ter "muita dificuldade" para decidir
5 Claudio Duarte sobre Bolsonaro: "Não posso negociar valores"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.