Leia também:
X Contas em atraso podem ser negociadas em feirão

PSDB decide que não apoiará ninguém no segundo turno

Membro do partido poderá apoiar algum candidato por iniciativa própria

Henrique Gimenes - 09/10/2018 20h43 | atualizado em 14/10/2018 14h40

A 14 ª Convenção Nacional do PSDB Foto: Orlando Brito

Nesta terça-feira (9), o presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, disse que seu partido não apoiará nenhum candidato para o segundo. De acordo com ele, a sigla também não deve fazer parte nem do governo de Fernand Haddad (PT) e nem de Jair Bolsonaro (PSL).

O anúncio foi realizado após uma reunião da Executiva Nacional do PSDB. Alckmin também afirmou que filiados ao partido que escolherem apoiar algum dos lados farão em “caráter pessoal”.

– O PSDB decidiu liberar seus militantes e seus líderes. Não apoiaremos nem o PT nem o candidato Bolsonaro – explicou.

Ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin disputou a Presidência da República e ficou quarto lugar com 4,76% dos votos.

Leia também1 Haddad: "Eleitor não pode ser atacado por sua opinião"
2 Bolsonaro: "Vamos pegar pesado contra a violência"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.