Produtora é acusada por 27 fraudes à Lei Rouanet

Parte do dinheiro desviado foi usado no casamento de um dos filhos do dono do grupo

Pleno.News - 14/12/2018 15h28

Ministério Público Federal denuncia produtora por fraudes contra a Lei Rouanet Foto: Reprodução

O Ministério Público Federal de São Paulo encaminhou 27 denúncias por fraudes à Lei Rouanet. Chamada de Operação Boca Livre, a investigação revelou que recursos deduzidos de impostos de grandes empresas patrocinadoras foram aplicados de forma fraudulenta pelo grupo Bellini Cultural. Parte do dinheiro desviado foi usado para pagar gastos do casamento de um dos filhos do dono do grupo.

As fraudes eram divididas em superfaturamento, elaboração de serviços e produtos fictícios, duplicação de projetos, uso de terceiros como proponentes e contrapartidas ilícitas às empresas patrocinadoras. Os diretores de 27 empresas e instituições patrocinadoras são acusados de estelionato contra a União e formação de quadrilha. Todas as irregularidades foram praticadas com conhecimento das companhias envolvidas.

A Lei Rouanet foi protagonista de várias polêmicas durante as eleições. Nas redes sociais, muitos acusaram os artistas de roubarem o Brasil e traírem os ideais da nação. No último domingo (9), a atriz Fernanda Montenegro chegou a pedir que parem de culpar a classe pela crise do país durante a entrega do troféu Melhores do Ano, no Domingão do Faustão.

LEIA TAMBÉM+ Alexandre Frota afirma que a "classe artística" traiu o Brasil
+ MinC flexibiliza Lei Rouanet e aumenta valor de patrocínios


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo