O que Jair Bolsonaro acha sobre religião, aborto e gays

Presidenciável é conservador nos costumes e liberal no âmbito econômico

Pleno.News - 08/10/2018 09h13

O presidenciável Jair Bolsonaro Foto: Reprodução/Facebook

Jair Bolsonaro (PSL) está na disputa do segundo turno pela Presidência da República. Para ajudar a conhecer um pouco mais sobre suas ideias, o Pleno.News preparou um perfil do presidenciável. Confira abaixo.

TRAJETÓRIA
Bolsonaro nasceu em Campinas, São Paulo, em 1955. Ele ingressou na carreira militar e em 1977 se formou na Academia Militar das Agulhas Negras.

Já em 1988 Bolsonaro foi eleito vereador do Rio de Janeiro, iniciando assim sua vida na política. Dois anos depois ele se tornou deputado federal, cargo que ocupa até hoje por sete mandatos consecutivos.

Em 2014, Bolsonaro foi o deputado federal mais votado do Rio de Janeiro, com 464 mil votos.

RELIGIÃO E FAMÍLIA

O pré-candidato é católico e chegou a se batizar no Rio Jordão, em Israel, em 2016. Ele é casado com Michelle de Paula, membro da Igreja Batista Atitude, na Barra da Tijuca.

O casal tem uma filha chamada Laura, de 7 anos. Bolsonaro ainda tem outros quatro filhos de dois casamentos anteriores. São eles: Eduardo Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, Carlos Bolsonaro e Renan Bolsonaro.

ABORTO
Jair Bolsonaro já se declarou inúmeras vezes contra o aborto. Em entrevista a O Antagonista ele disse que se a pauta entrasse na Câmara ele vetaria a legalização, caso fosse o presidente.

Ainda assim, em casos previstos em lei, como estupro, o presidenciável diz que a decisão cabe ao casal.

GAYS
Em 2011 o deputado votou contra o kit gay, material composto por três vídeos e guia de orientação aos professores que serviria de base para debater a orientação sexual em escolas.

Após o episódio, Bolsonaro disse que não tem nada contra homossexuais, apenas era contra o kit. Em entrevista ao Programa da Mariana Godoy, em 2017, o candidato chegou a afirmar que a maioria dos gays é simpática a ele.

ECONOMIA
Jair Bolsonaro se diz liberal no âmbito econômico. O parlamentar tem recebido conselhos do economista Paulo Guedes. Quando se trata de privatizações, por exemplo, Bolsonaro já se disse a favor, mas afirmou que o “que é considerado estratégico para o país precisa ser preservado”.

LEIA TAMBÉM+ Veja os pré-candidatos à Presidência da República
+ Pesquisa aponta Bolsonaro em primeiro em cenário sem Lula
+ Bolsonaro é recebido com gritos de "mito" na Agrishow


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo