Leia também:
X Greve: Aulas são suspensas em universidades e escolas

O que Henrique Meirelles acha sobre religião, aborto e gays

O pré-candidato foi confirmado pelo MDB após a desistência de Michel Temer

Camille Dornelles - 28/05/2018 10h17 | atualizado em 26/06/2018 16h09

Henrique Meirelles é pré-candidato pelo MDB Foto: EFE/Fernando Bizerra Jr.

Atualmente são 20 os pré-candidatos à Presidência da República. Para ajudar a conhecer um pouco mais sobre cada um, o Pleno.News preparou um perfil deles. Confira aqui o de Henrique Meirelles (MDB), que concorre ao cargo pela primeira vez após a desistência de Michel Temer:

TRAJETÓRIA
O ex-ministro da Fazenda do governo de Michel Temer chegou ao Ministério após sair da presidência executiva do Banco Central do Brasil em 2011. Antes, havia sido presidente do BankBoston, nos Estados Unidos, de 1996 a 1999.

Na política, foi deputado federal pelo PSDB entre 2002 e 2003, coordenou os investimentos para os Jogos Olímpicos de 2016 e em maio daquele ano foi nomeado Ministro da Fazenda e Previdência Social.

 

RELIGIÃO E FAMÍLIA
Meirelles é católico, assim como seus pais. Ele se posiciona pouco sobre suas ideias religiosas, mas já afirmou, ao jornal Gazeta do Povo em novembro de 2017, que “tem uma tendência mais conservadora do que liberal” quanto a costumes.

Meirelles também pediu orações e já afirmou que concorda com pregações de algumas denominações evangélicas pelo modo como tratam finanças.

– É, em parte, a mensagem das igrejas: gastar só o que se ganha, não tomar dinheiro emprestado para fazer gasto corrente – declarou em um vídeo direcionado a pastores da Assembleia de Deus, em outubro do ano passado.

Henrique Meirelles se casou em 2002 com a psiquiatra Eva Missine, que é mãe de dois meninos.

ABORTO
O pré-candidato ainda não se manifestou sobre o tema.

GAYS
Não há declarações do ex-ministro sobre a união civil ou casamento entre pessoas do mesmo sexo. Há boatos de que o pré-candidato já teve relacionamentos homossexuais antes de seu casamento com Eva Missine.

O jornalista Waldir Leite escreveu, em 2010, uma coluna em que fala sobre homossexuais na política e atribuiu algumas dessas práticas ao ex-ministro na época em que era presidente do BankBoston.

Leia também1 O que João Amoêdo acha sobre religião, aborto e gays
2 O que Guilherme Boulos acha sobre religião, aborto e gays
3 O que Manuela D'Ávila acha sobre religião, aborto e gays

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.