Leia também:
X Operação prende quadrilha criada dentro da Polícia Civil

Malafaia chama carta de Haddad a evangélicos de farsa

Ele criticou a reunião do petista com pastores em São Paulo

Camille Dornelles - 18/10/2018 09h32 | atualizado em 18/10/2018 13h10

Silas Malafaia critica reunião de Haddad com líderes religiosos evangélicos Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (17), o pastor Silas Malafaia publicou um vídeo em seu canal do YouTube criticando a carta de Fernando Haddad (PT) aos evangélicos. Ele chamou a reunião do petista com pastores de farsa e afirmou que ele é comunista.

– É uma farsa, é um engodo essa reunião aí do Haddad com lideranças evangélicas. Os caras que estavam lá não representam um porcento dos evangélicos do Brasil e o dito pastor que comandou e organizou isso é um cara que tem uma ONG que comeu milhões na mão do governo do PT, tanto de Dilma como de Lula – acusou.

Em determinado momento do vídeo, Malafaia se dirige diretamente ao presidenciável e critica a carta que apresentou aos líderes evangélicos durante a reunião.

– Tanta citação da Bíblia, fiquei até emocionado. Haddad, você é comunista, é só ver as tuas teses! Você é comunista travestido de democrata. Para azar teu, Haddad, eu participei de todas as audiências públicas de questões sociais no Congresso Nacional. Aborto, o PT em peso votou a favor. Eu estava lá! Não dá para enganar. O PT apoia casamento homossexual. E é do PT e do PSOL o PL 5002/13, que diz que uma criança pode mudar de sexo sem o consentimento dos pais. À ideologia de gênero, em diversas Câmaras Municipais do Brasil, o PT votou em peso a favor. E agora você vem com essa farsa de escrever carta com texto bíblico. Teu pai e tua mãe poderiam ter sido até da Assembleia de Deus, e daí? Estamos falando de você. Quem está junto de você não representa evangélicos. Vocês não enganam ninguém mais não. Acabou para você, nós somos maioria no Brasil. Nós vamos dar um basta. Chega de PT – criticou.

“KIT GAY”
O pastor Malafaia relembrou a polêmica do “kit gay” e, assim como Bolsonaro (PSL), afirmou que o projeto é de autoria de Fernando Haddad. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no entanto, atribuiu a informação como fake news.

– Haddad, você é autor do “kit gay”, Haddad, não dá para esconder. Só não saiu porque a Dilma vetou. Você representa o maior esquema de corrupção da história do Brasil. Você é pau mandado e fantoche de Lula, chega! – declarou.

Leia também1 Haddad diz que Moro fez bom trabalho, mas errou com Lula
2 Candidatos se comprometem com a Constituição
3 Haddad pede que TSE declare chapa de Bolsonaro inelegível

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.