CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Mais de 30 gatos aparecem mortos em condomínio no Rio

Hans River revela disparos em massa para Fernando Haddad

Testemunha foi chamada pelo PT para falar na CPI das Fake News

Camille Dornelles - 12/02/2020 13h05 | atualizado em 12/02/2020 13h08

Hans River do Rio fala à CPMI das Fake News Foto: Agência Senado/Jane de Araújo

Nesta terça-feira (11), o ex-funcionário da empresa Yacows, prestadora de serviços de marketing digital que tem sede em São Paulo, Hans River do Rio Nascimento falou à CPMI das Fake News. Ele foi convocado pelo parlamentar Rui Falcão (PT-SP).

Apesar de ser convidado pelo petista, a testemunha disse que o partido contratou a empresa para fazer disparos de mensagens em massa pelo WhatsApp para a campanha de Fernando Haddad em 2018.

– No caso do Haddad, podia mandar para todo o território nacional, mas não podia usar números telefônicos internacionais – explicou.

River também afirmou que outro beneficiado foi Henrique Meirelles, que foi candidato pelo MDB.

Em outro momento da CPMI, que durou mais de cinco horas, River disse que a jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha de S. Paulo, fez insinuações para ele. A testemunha declarou que a jornalista queria fazer sexo em troca de informações sobre a campanha do presidente Jair Bolsonaro.

– Ela queria sair comigo e eu não dei interesse para ela. Ela parou na porta da minha casa e se insinuou para entrar na minha casa com propósito de pegar matéria, ela queria ver meu computador e quando eu cheguei na Folha de S. Paulo, quando ela escutou a negativa, o destrato que eu dei e deixei claro que não fazia parte do meu interesse, a pessoa querer um determinado tipo de matéria a troco de sexo, que não era minha intenção – declarou.

Ele completou dizendo que “a jornalista acabou com meu nome inteiro” e que não fez campanha para Bolsonaro nem João Doria, governador de São Paulo.

Leia também1 Após depor, Yvelise diz que foi alvo de 'mentira deslavada'
2 Sobre o Enem, Weintraub diz que foi "chuva de fake news"
3 Eduardo Bolsonaro anuncia programa de entrevistas


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo