Leia também:
X RJ: Detran barateia instalação de nova placa do Mercosul

Em evento pró-Haddad, Brown detona PT: “Tem que perder”

O rapper afirmou que o partido falhou em se comunicar com o povo e que "tem que pagar"

Camille Dornelles - 24/10/2018 08h30 | atualizado em 24/10/2018 16h57

Mano Brown critica PT em evento pró-Haddad Foto: EFE/ Antonio Lacerda

Durante um comício do Partido dos Trabalhadores (PT) na cidade do Rio de Janeiro nesta terça-feira (23), o rapper Mano Brown não usou meias palavras e criticou o PT. Durante sua apresentação, ele afirmou que não deveria haver “clima de festa” porque o partido errou e “tem que perder mesmo”.

– Vim apenas me representar. Não gosto de clima de festa. A cegueira que atinge lá, atinge aqui também. Isso é perigoso. Não tá tendo clima pra comemorar – afirmou.

Ele continuou afirmando que as falhas do partido irão acarretar sua derrota que, para o rapper, já está certa.

– Está tendo [sic] quase 30 milhões de votos pra tirar. Não estou pessimista. Sou realista. Não consigo acreditar, pessoas que me tratavam com carinho se transformaram em monstros. Se em algum momento a comunicação falhou aqui, vai pagar o preço. A comunicação é a alma. Se não conseguir falar a língua do povo, vai perder mesmo. Falar bem do PT para a torcida do PT é fácil – afirmou.

O público presente nos Arcos da Lapa começou a vaiar o rapper, que não se calou frente às críticas. Ele foi defendido pelos cantores Caetano Veloso e Chico Buarque, que também foram se apresentar no palanque. Os dois, apesar de terem declarado voto em Fernando Haddad (PT), apoiaram o discurso do artista.

– Eu entendo o Mano Brown, tendo a concordar, sei que vai ser difícil, mas eu ainda acredito ser possível – afirmou Chico Buarque.

Leia também1 Fernando Haddad admite: 'Mano Brown tem toda a razão'
2 Convidado de evento pró-Haddad, Cid Gomes detona PT
3 Erroneamente, Haddad acusa general Mourão de tortura
4 Ibope: Bolsonaro tem 57% e Haddad tem 43%

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.