Leia também:
X Bolsonaro fala sobre governo de transição: “Grande passo”

Eduardo Bolsonaro volta a se desculpar por fala sobre STF

O deputado federal afirmou que "ninguém pensa realmente em fechar o STF"

Camille Dornelles - 05/11/2018 10h36 | atualizado em 05/11/2018 10h38

Eduardo Bolsonaro volta a falar sobre polêmica envolvendo o STF Foto: Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) reiterou, durante entrevista ao programa Poder em Foco, do SBT, que “nunca falou em fechar o STF”. Ele explicou o mal entendido que tomou conta do cenário político durante o segundo turno das eleições.

Segundo Eduardo Bolsonaro, suas afirmações de que “se quiser fechar o STF, manda um soldado e um cabo” foram feitas de maneira impensada durante uma aula preparatória de concurso.

– Ali, foi cogitado entre os estudantes, num bate-papo, de como seria se o Supremo Tribunal Federal retirasse, por um “tapetão”, a eleição do meu pai (Jair Bolsonaro). Na verdade a impugnação é feita pelo TSE. Mas aí eu falei: “olha, vão ser eles contra nós”, mas ninguém pensa realmente em fechar o STF – declarou.

Ele afirmou ainda que o episódio deixou um aprendizado para “tomar mais cuidado a todo momento com o que se fala”.

O deputado também falou sobre os próximos trabalhos na Câmara dos Deputados, tratamento do PSL com outros partidos e bancadas no Congresso e projetos aos quais quer se dedicar. Nesse ponto, focou no Escola Sem Partido.

– Deixe eu explicar o que é: existe uma grande dificuldade de haver um debate nas salas de aula. O que a gente busca com o Escola Sem Partido é a pluralidade de ideias e permitir o debate sem que contrários sejam agredidos. O professor é obrigado a falar de várias teorias com a mesma profundidade e gastando a mesma quantidade de tempo – declarou.

Leia também1 Ministro do STF elogia Moro no Ministério da Justiça
2 Gilmar Mendes: "Nem os militares fecharam o STF"
3 Ministro do STF quer apurar vídeo de Eduardo Bolsonaro

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.