Leia também:
X Internautas se mobilizam nas redes sociais a 1 dia da eleição

Cármen Lúcia suspende ações de policiais em universidades

Na última semana, a PF realizou 17 intervenções por causa de manifestações políticas

Camille Dornelles - 27/10/2018 13h25 | atualizado em 27/10/2018 16h11

Ministra Cármen Lúcia suspendeu ações policiais em universidades por motivos políticos Foto: Agência Brasil/Fábio Rodrigues Pozzebom

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia decidiu, neste sábado (27), suspender quaisquer ações policiais dentro de universidades públicas e privadas do país. A decisão é liminar, provisória e imediata.

Nos últimos dois dias, a Polícia Federal (PF) realizou 17 intervenções nas unidades de ensino por conta de manifestações políticas. O ministro Gilmar Mendes, do STF, chegou a dizer que era preciso “ter cautela” com esse tipo de operação.

No despacho, Cármen Lúcia afirma que os agentes não têm autorização para derrubar cartazes, faixas e recolher documentos, interromper aulas e atos ou frear a manifestação política de professores e estudantes.

Leia também1 Internautas se mobilizam nas redes sociais a 1 dia da eleição
2 Ciro volta ao Brasil para votar, mas não fala de Haddad
3 Gilmar Mendes comenta ações da polícia em universidades

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.