Leia também:
X Mulheres organizam passeata de apoio a Bolsonaro no RJ

Bolsonaro critica ‘fixação’ com ditadura e defende valores

Presidenciável se manifestou através do Twitter

Camille Dornelles - 26/09/2018 10h08

Jair Bolsonaro critica “fixação” com ditadura Foto: Reprodução

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) se manifestou, nesta terça-feira (26), sobre os interesses da população brasileira. Através do Twitter, defendeu que os interesses estão em empregos, moradia e segurança da mulher e não na ditadura.

– Enquanto insistem em falácias, rótulos e na fixação pela palavra “ditadura”, são mais de 14 milhões de desempregados, cidadãos reféns em suas próprias casas, 60 mil homicídios e 50 mil mulheres estupradas por ano. É disso que o povo quer saber! É urgente! É daqui pra frente! – declarou o candidato à Presidência.

Bolsonaro ainda atestou que o importante neste momento é recuperar o Brasil “da lama da violência e corrupção” e defender valores.

– Queremos resgatar os valores perdidos há muito e retirar o Brasil da lama de violência e corrupção que o colocaram! Nosso país não aguenta mais 4 anos do que nos governa há décadas! Vamos dar o primeiro passo para resgatar nossa pátria! – reiterou.

O candidato se recupera de uma facada no abdome desde o dia 6 de setembro no Hospital Israelita Albert Einstein. A expectativa da equipe médica é de que ele receba alta nesta sexta-feira (29).

Leia também1 Jair Bolsonaro iniciou 'dieta branda', diz boletim médico
2 Conheça os trabalhos sociais feitos por Michelle Bolsonaro
3 Esposa de Bolsonaro registra seu primeiro café da manhã

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.