Leia também:
X Juscelino mentiu em relatório oficial sobre viagem, diz jornal

Defesa de Bolsonaro vai entregar 3º conjunto de joias sauditas

O conjunto em questão não faz parte da investigação referente aos presentes retidos pela Polícia Federal

Leiliane Lopes - 31/03/2023 18h25 | atualizado em 31/03/2023 18h32

Presentes sauditas que serão devolvidos Foto: Divulgação Defesa de Bolsonaro

Nesta quinta-feira (30), a defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) enviou ao Tribunal de Contas da União (TCU) um documento que informa a devolução do terceiro conjunto de joias recebidas de presente da Arábia Saudita.

Os objetos serão entregues à Caixa Econômica Federal (CEF) para serem incorporados ao acervo pessoal da Presidência.

As joias em questão, segundo o documento, não fazem parte da investigação das peças que foram retidas pela Polícia Federal.

Os advogados de Bolsonaro escrevem também que a demora na entrega das peças se deve à “burocracia” da Corte de Contas. As informações são da Folha de São Paulo.

– Infelizmente, a deliberação quanto ao local apropriado para o depósito, bem como a expedição de ofícios e as diligências para efetivar a entrega segura e transparente dos bens se arrastaram mais do que o esperado – afirma parte do documento.

Leia também1 Juscelino mentiu em relatório oficial sobre viagem, diz jornal
2 Aras: Estado é responsável por morte causada por bala perdida
3 Jovem com 26 passagens pela polícia é achado morto
4 Cantor Kaiky Mello tem melhora e não corre risco de vida
5 ES: Instituto Federal libera uso do banheiro feminino para trans

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.