Leia também:
X Ciro expõe Lula: ‘Deu pouco aos pobres e muito aos ricos’

Coronel expulsa bombeiras de cerimônia por “saias curtas”

Sargentos seriam homenageadas em evento

Gabriela Doria - 04/05/2021 18h35 | atualizado em 04/05/2021 18h36

Duas sargentos tiveram que se retirar de cerimônia por causa de “saias curtas” Foto: Reprodução

Duas sargentos do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal foram expulsas de uma cerimônia a pedido de um coronel da corporação que considerou que elas usaram “saias curtas” no evento. As duas militares seriam homenageadas no evento que marcou a formatura do Curso de Altos Estudos para Praças (Caep), realizado no último no dia 8 de abril.

O Corpo de Bombeiros do DF está investigando o caso.

Segundo o portal Metrópoles, as duas mulheres vestiam a mesma farda que já haviam usado em outras ocasiões, cuja saia é do tamanho padrão estipulado pela corporação.

Testemunhas afirmam que as mulheres foram abordadas por um capitão durante a execução do hino nacional. O militar teria transmitido as ordens do coronel Edwin Aldrin Franco de Oliveira, chefe do Departamento de Ensino, Pesquisa, Ciência e Tecnologia do CBMDF. Elas receberam a ordem para sair imediatamente do salão pela porta lateral.

De acordo com o Metrópoles, o motivo da expulsão era o tamanho das saias das sargentos, consideradas “curtas” pelo coronel. Elas ainda tentaram argumentar para que ao menos pudessem terminar o hino nacional, mas o pedido foi negado.

Por medo de sanções disciplinares, as duas militares pegaram seus pertences e deixaram a cerimônia, conforme ordenado.

Em nota, O CBMDF relatou que “encaminhou o registro dos fatos à Corregedoria/Controladoria, visando à abertura de procedimento apuratório para que os relatos presentes na denúncia sejam esclarecidos e elucidados, assim podendo esta instituição tomar as medidas cabíveis e pertinentes ao caso”.

A corporação destacou ainda que “o CBMDF não compactua com nenhum tipo de assédio, seja ele moral, seja de qualquer natureza, primando não somente pelo bem da sociedade civil, mas também pela conduta ilibada e exemplar da sua tropa”.

Leia também1 PF: Organizadora do Miss Goiás é suspeita de aliciar modelos
2 Caso Eloá: STJ nega semiaberto a Lindemberg Alves
3 Túmulo é depredado e crânio é roubado em cemitério de SC
4 STF já tem data para analisar queixa de Dino contra Bolsonaro
5 MG: Homem é preso suspeito de furtar mais de 30 retrovisores

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.