Leia também:
X José Dirceu articula campanha presidencial de Lula para 2022

Com câncer, morre aos 77 anos o pai da médica Mayra Pinheiro

Mayra desmentiu que morte tenha sido por Covid-19

Pierre Borges - 06/10/2021 12h32 | atualizado em 06/10/2021 12h43

Dra Mayra Pinheiro e seu pai, Francisco
Dra. Mayra Pinheiro e seu pai, Francisco Cesar Pinheiro Foto: Reprodução/Instagram/Dra Mayra Pinheiro

Morreu, na manhã desta terça-feira (5), aos 77 anos, o pai da secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde, Dra. Mayra Pinheiro, conhecida como Capitã Cloroquina. Francisco Cesar Pinheiro lutava contra o câncer de próstata e também possuía hipertensão arterial sistêmica.

Francisco era servidor aposentado da prefeitura de Fortaleza e morreu em decorrência de uma insuficiência respiratória, sepse e infecção urinárias, oriundos do câncer e da hipertensão. Mayra confirmou a morte pelas redes sociais e pediu que “o Senhor Deus nos fortaleça nesse momento de despedida”.

MAYRA DESMENTE A IMPRENSA
O pai de Mayra contraiu Covid-19 e ficou internado por quatro meses, até receber alta no dia 7 de agosto. Após sua morte, alguns veículos de imprensa noticiaram que Francisco teria morrido por complicações da Covid-19 e aproveitaram para criticar o tratamento precoce, defendido pela secretária.

Na noite de terça, a médica negou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a morte de seu pai tenha qualquer relação com a Covid-19. A nota critica ainda a “nefasta persistência de alguns veículos de imprensa em propagar narrativas falaciosas, sem a responsável e devida checagem inerente à prática do jornalismo sério e de credibilidade”.

Veja a nota completa a seguir:

A respeito de matérias publicadas na imprensa nesta terça-feira (05/10), destacando o motivo da morte do pai da médica e atual Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, como sendo em virtude de “complicações da Covid-19”, informamos que:

– O Sr. Francisco César Figueiredo Pinheiro servidor público aposentado, faleceu na manhã de hoje, aos 77 anos, em decorrência de insuficiência respiratória, sepse e infecção urinária, resultantes de um quadro clínico de câncer de próstata e hipertensão arterial sistêmica, conforme declaração de óbito conferida pelo hospital em que ele estava internado para tratamento das citadas enfermidades, em Fortaleza-CE.

– A causa da morte do pai da Secretária do MS não guarda relação com sua recente internação e alta em virtude da Covid-19. Doença esta que, apesar de todas as suas comorbidades pré-existentes, ele venceu e figurou na estatística dos 20.44 mi de brasileiros recuperados no país.

– É lamentável constatar, mais uma vez, a nefasta persistência de alguns veículos de imprensa em propagar narrativas falaciosas, sem a responsável e devida checagem inerente à prática do Jornalismo sério e de credibilidade.

-Tal fato estimula outra pratica deplorável, desta vez de militantes ideológicos que, lastimavelmente, sem o mínimo respeito a um momento de dor enfrentado pela família, propagaram mensagens ofensivas nas redes sociais da Secretaria, na postagem em que esta anunciou o falecimento e as informações de velório e sepultamento do pai.

– Em contrapartida, em nome de todos os familiares e amigos, que pedem respeito neste momento de luto, é importante destacar e agradecer, imensamente, as inúmeras mensagens de solidariedade recebidas, bem como “as orações que afagam nossos corações”.

Fortaleza-CE, 05 de outubro de 2021,
Assessoria de Comunicação Mayra Pinheiro.

Leia também1 José Dirceu articula campanha presidencial de Lula para 2022
2 Casagrande relaciona agressão a árbitro à eleição de Bolsonaro
3 João Doria diz que fixar ICMS é populismo, e Lira rebate
4 DEM aprova fusão com o PSL para criação do "União Brasil"
5 Cidade no Rio de Janeiro vira a 1ª do país a liberar uso de máscara

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.