Leia também:
X Doria apresenta plano de reabertura das escolas de SP

Witzel ignora apelos e não dá previsão do fim do isolamento

Rio de Janeiro segue sem perspectiva de retomar atividades

Gabriela Doria - 24/04/2020 16h07 | atualizado em 24/04/2020 21h28

Governador Wilson Witzel disse que a prioridade é a vida da população Foto: Reprodução

O governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel afirmou, nesta sexta-feira (24), que as medidas de isolamento no estado não têm data para terminar.

Em vídeo nas redes sociais, o governador justificou que, apesar de a situação estar sob controle, as taxas de mortalidade e contaminação continuam altas.

Witzel anunciou também que enquanto os hospitais de campanha não estiverem funcionando, não há chance de flexibilizar o isolamento. Ele afirma que desta forma evitará uma segunda onde contaminações, a exemplo do que aconteceu em outros países que afrouxaram a quarentena.

Atualmente, o Rio de Janeiro tem mais de 6 mil casos da doença, além de 570 mortos.

Leia também1 Oportunista, Witzel convida Moro para o governo do Rio
2 Witzel só reabrirá a economia após casos de Covid-19 caírem
3 Primeira-dama do estado do RJ testa positivo para Covid-19

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.