Leia também:
X Augusto Nunes “detona” Renan Calheiros relator da CPI da Covid

“Vou ter que explicar para as minhas três filhas que meu trabalho não é essencial”

Garçom desempregado tem energia cortada e desabafa nas redes sociais

Monique Mello - 17/04/2021 16h38 | atualizado em 18/04/2021 20h02

O garçom Fúlvio Apolinário desabafa nas redes sociais Foto: Reprodução

Um homem que se identifica como Fúlvio Apolinário, da cidade de Franca (SP), gravou um vídeo desabafando por estar sem trabalho e ter o fornecimento de energia da casa cortado.

– Sabe por que a empresa fez o corte de energia? Porque eu não paguei a conta. Meu trabalho não é essencial, mas o corte de energia é essencial – desabafou.

Fúlvio dá continuidade dizendo que teria que explicar para as três filhas o porquê do leite estragar na geladeeira ou elas não poderem tomar um banho quente.

– O governo quer que a gente fique em casa sem força, sem água, sem comida, sem diginidade, porque o nosso emprego não é essencial – dispara.

Ele encerra dizendo que trabalhava como garçom, porém está há um ano sem exercer o ofício, por conta das restrições na pandemia de Covid-19.

REVIRAVOLTA
Após tamanha repercussão do desabafo, Fúlvio conseguiu entrevista de emprego em uma fábrica de produtos de limpeza.

– Nunca imaginei que repercutiria tanto. A minha intenção na verdade não era pedir ajuda, era desabafar mesmo por estar impedido de trabalhar enquanto os cortes continuam – contou.

Fúlvio afirmou que o vídeo foi enviado para um grupo de família, mas foi compartilhado por parentes com outros contatos. Ele conta também que recebeu inúmeras ligações, inclusive de outros estadps, de pessoas oferecendo ajuda.

– As pessoas se diziam solidárias comigo, querendo me ajudar, perguntando como poderiam colaborar. Eu nunca quis dinheiro, alimento para mim é melhor, já que posso dividir com outros amigos garçons que estão passando pela mesma situação – explicou.

Leia também1 "Vou tomar a vacina por último, tem muita gente apavorada"
2 Vídeo: Deputados Arthur do Val e Kim Kataguiri invadem hospital
3 Organização ganha contrato de R$ 370 mi com 'documento falso'
4 Prefeito de Taguaí morre de Covid; SP tem 9 prefeitos mortos
5 Vacinados contra a Covid-19 no Brasil chegam a 25,7 milhões

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.