Leia também:
X PT cria evento evangélico e Malafaia dispara: “Só rindo”

Vídeo: Votação na Câmara se torna barraco generalizado

Vereadores trocaram socos e golpes no meio da votação da mesa diretora

Camille Dornelles - 05/04/2019 09h04 | atualizado em 05/04/2019 10h47

Câmara dos Vereadores de Macapá Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (4), os vereadores da cidade de Macapá, capital do Amapá, se reuniram na Câmara Municipal para escolher a mesa diretora da Casa. Durante a sessão, porém, os parlamentares se desentenderam e começaram uma briga.

A confusão generalizada se formou quando o vereador Pastor Didio (PRP) apresentou um documento requerendo a suspensão da votação. O vereador Yuti Pelaes (MDB), então, pediu ao parlamentar Caetano Bentes (PSC) para que lesse o pedido.

Bentes se negou e a oposição ficou revoltada. Os parlamentares pularam sobre o colega e trocaram socos. Os policiais presentes tentaram conter a briga, mas não conseguiram evitar os ataques. Os agentes depois separaram os vereadores e evitaram feridos.

Leia também1 Kataguiri critica PSL e Joice Hasselmann rebate: "Moleque"
2 Feliciano: "Comunicação do governo está péssima"
3 Bolsonaro nega que liberação de verbas seja para reforma

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.