Leia também:
X BH: Sequestrador já foi preso por matar e pôr rato na boca de ex

“Vim para morrer aqui mesmo”, disse homem durante sequestro

Declaração de Leandro Mendes aparece em mensagem de WhatsApp

Pleno.News - 22/09/2022 13h20 | atualizado em 22/09/2022 14h00

“Vim para morrer aqui”, disse homem enquanto manteve menino refém Foto: Reprodução/TV Globo

O homem que manteve duas pessoas reféns, em Belo Horizonte (MG), entre elas um menino autista de 7 anos, trocou mensagens com familiares durante o sequestro. Em uma das conversas registradas no WhatsApp, Leandro Mendes escreveu “eu vim para morrer aqui”. As informações são do G1.

Leandro ficou com o ex-enteado e um amigo da família, de 23 anos, como reféns por mais de 15 horas. Ele exigia a presença da ex-mulher, que tinha conseguido escapar da casa. Ele invadiu o imóvel no início da noite de quarta-feira (21). Ele não se conformava com o fim do casamento.

“Eu vim para morrer aqui”, disse homem durante sequestro Foto: Arquivo Pessoal

Após as tentativas de negociação para liberar as vítimas não obterem sucesso, um sniper, atirador de elite da polícia, baleou o sequestrador, nesta quinta-feira (22). Os reféns foram libertados em segurança. Já Leandro se encontra em estado grave no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII.

Mendes já havia sido condenado por matar uma ex-mulher, em 2008. Segundo a polícia, ele enforcou Rosana Batista Cândido, de 19 anos, com um sutiã e chegou a colocar um rato na boca da vítima porque não aceitava o fim do relacionamento. Em maio de 2011, Leandro foi condenado a 14 anos de prisão, mas só permaneceu preso até junho de 2016. A partir de então, sua pena progrediu para regime aberto.

Leia também1 BH: Sequestrador já foi preso por matar e pôr rato na boca de ex
2 PM se corrige e diz que homem atingido por sniper não morreu
3 Padre critica oferendas feitas em cemitério católico no RS
4 Cristãos criticam Boca Rosa por fala sobre homens maquiados
5 Menina de 11 anos grávida pela 2ª vez após estupro fará aborto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.