Vigília relembra vítimas da chacina da Candelária

Além da ação no Rio de Janeiro, outros quatro estados estão apoiando movimento neste ano

Pleno.News - 19/07/2018 21h31

Vigília marca 25 anos da chacina Foto: Divulgação

A noite desta quinta-feira (19) foi marcada pela realização de uma vigília em frente à Igreja da Candelária, no Centro do Rio de Janeiro. O objetivo é relembrar execução de oito menores de idade no local.

A cerimônia foi organizada pelo Movimento Candelária Nunca Mais em parceria com a Anistia Internacional. A morte dos meninos, ocorrida em julho de 1993, ficou conhecida como Chacina da Candelária.

No evento estava Patrícia de Oliveira, de 44 anos, irmã de um dos sobreviventes. Ela ressaltou a importância de recordar o episódio e também chamar a atenção para a morte de outras crianças em todo o país.

– Queremos mostrar que, passados 25 anos, muitos jovens e adolescentes continuam morrendo no Rio e no país. Estamos fazendo um ato ecumênico em memória a todas essas vítimas – disse ela.

Patrícia disse ainda que na próxima segunda-feira (23), mesma data dos assassinatos, haverá missa às 10h na Igreja da Candelária. Depois, acontecerá uma caminhada pela vida, no local, às 13h.

Neste ano, outros estados como São Paulo, Pará, Ceará e Minas Gerais decidiram apoiar o movimento e também realizarão vigílias.

LEIA TAMBÉM+ Em vídeo, "Dr. Bumbum" diz que morte foi fatalidade
+ Idosa é mantida em cárcere privado pelo próprio filho
+ Mulher de 36 anos dá à luz o seu 11º filho no interior do RJ