Leia também:
X “Fechei com Datena”, relata Bolsonaro sobre chapa de SP

Vídeo mostra menino atacado por pit bull. Mãe: “Não chorou”

Criança, que fez cirurgia para reconstrução do músculo da panturrilha, ainda acalmou a mãe

Gabriel Mansur - 30/06/2022 11h55 | atualizado em 30/06/2022 11h56

Menino é atacado por pit bull Foto: Reprodução/Twitter

O menino Nicolas Paz, de apenas 9 anos, foi mordido na perna por um pit bull enquanto brincava com seu irmão mais velho, Guilherme Souza do Nascimento. O ataque aconteceu na última segunda-feira (27), no bairro Agostinho Porto, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, e foi flagrado por uma câmera de segurança.

Com a perna bastante ferida, Nicolas ficou internado no hospital municipal Souza Aguiar, onde passou por uma cirurgia de reconstrução do músculo da panturrilha nesta quarta (30). Segundo a família, a mordida não causou danos nos nervos, nem na parte vascular da perna do menino, e a expectativa dos médicos é que ele não tenha sequelas. Ele se recupera bem após o procedimento cirúrgico.

A mãe da criança, Roberta Paz de Souza, relatou que seus filhos soltavam pipa na rua onde moram quando notaram a aproximação do cachorro. As imagens gravadas por câmeras de segurança mostraram os jovens tentando afastar o animal, que seguia acompanhando os dois.

O mais velho, de 14 anos, tentou proteger o caçula o pegando no colo, mas não teve sucesso. O vídeo mostra que, em determinado momento, o cachorro morde a perna esquerda de Nicolas e, a partir de então, irmão e vizinhos tentaram fazer com que o cão soltasse o menino.

– Graças a Deus esse vizinho apareceu, porque se não fosse ele meu menino podia estar morto. Se você olhar o vídeo, o cachorro solta e depois ainda volta e fica tentando pegar de novo — desabafou a mãe.

Segundo a família e vizinhos, o pit bull apareceu pela primeira vez em ruas próximas no domingo, véspera do ataque. Sem coleira ou qualquer identificação, ele vinha circulando pela região. Moradores acreditam que o dono tenha abandonado o animal, que fugiu após morder Nicolas. Roberta conta que está aguardando somente que o filho tenha alta para procurar a Polícia Civil e denunciar o caso.

NICOLAS ACALMA A MÃE
Apesar de bastante machucado, Nicolas não derramou uma lágrima e ainda tentou acalmar a mãe, que, nas palavras dela própria, “entrou em desespero” ao perceber o estado da perna da criança.

– Quando eu vi o meu filho daquele jeito, fiquei desesperada e até um pouco em choque. Peguei ele no colo e só ficava repetindo como a perna dele estava feia. Foi ele que me acalmou, me pedia para ficar tranquila e dizia que estava bem. Não vi meu filho derramar nenhuma lágrima. Ele só foi chorar bem depois, quando viu o pai no hospital, admitindo que estava com medo de perder a perna. Meu filho foi muito forte – relatou.

Leia também1 Agressões: Arthur do Val e Boca Aberta brigam em rua do PR
2 Ação contra pornografia infantil cumpre mais de 160 mandados
3 Com piora na saúde, Wesley Safadão é internado em SP
4 Pepê, dupla de Neném, tatua nome dos filhos e se arrepende
5 Travis Barker é hospitalizado nos EUA: "Deus me salve"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.