Leia também:
X Lula fala em candidatura e ataca Bolsonaro: “Fascista e genocida”

Vídeo mostra Jairinho recebendo sanduíche de diretor de presídio

Filmagem vem à tona após denúncia de que vereador e Monique teriam sido beneficiados por regalias na prisão

Thamirys Andrade - 16/04/2021 13h09 | atualizado em 16/04/2021 14h16

Imagens mostram Jairinho recebendo sanduíche de diretor de presídio
Imagem foi gravada por câmera da recepção de presídio em Benfica

Um vídeo registrado pela câmera da recepção do Presídio Frederico Marques, em Benfica (RJ), mostra o vereador Jairinho recebendo um sanduíche das mãos do próprio diretor da unidade, Ricardo Larrubia da Gama. A cena ocorreu por volta das 15h30, em 8 de abril, dia em que o parlamentar foi preso, suspeito de envolvimento na morte do menino Henry, de 4 anos.

Obtida pelo jornal O Globo, a filmagem vêm à tona após denúncia de que Jairo Souza e sua namorada Monique Medeiros, também presa devido à morte da criança, teriam sido beneficiados por supostas regalias na prisão.

Segundo o secretário de Administração Penitenciária, Raphael Montenegro, o lanche consumido pelo vereador é o mesmo servido aos demais presos no dia da filmagem. Ele declara que as imagens das câmeras de segurança do presídio foram analisadas, e não há indícios de benefícios; portanto, não será instalado nenhum procedimento para investigar as denúncias.

– Após análise das imagens do circuito interno de câmeras, a Secretaria de Administração Penitenciária decidiu não instaurar qualquer tipo de procedimento disciplinar contra o diretor da unidade. Qualquer pessoa que tiver acesso às imagens perceberá que, por volta da 15h30, em ambiente comum da unidade, foi entregue ao interno Jairo o mesmo “kit lanche” que se oferece a todos os internos que estejam em trânsito para audiências. De fato é o diretor quem entrega o lanche ao Vereador, mas se trata do mesmo lanche que se oferece aos presos em trânsito para audiência – disse Montenegro.

Na última quarta-feira (14), contudo, o diretor da unidade decidiu pedir demissão do cargo diante das denúncias. Larrubia passará a dirigir o Instituto Penal Cândido Mendes, no Centro.

Transferido no mesmo dia em que chegou ao presídio em Benfica, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), Jairinho se encontra atualmente na unidade Pedrolino Werling de Oliveira, conhecido como Bangu 8, enquanto Monique Medeiros está no Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói. Ambos os detentos são acusados de envolvimento na morte do menino Henry, de 4 anos. A criança faleceu no último dia 8 de março, em decorrência de 23 lesões.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.