Leia também:
X Heleno atribui suspeitas de Joice a ‘perturbação da pancada’

Vereador do PT é preso durante protesto contra Jair Bolsonaro

Renato Freitas se envolveu em confusão com apoiador do presidente

Pleno.News - 24/07/2021 11h59 | atualizado em 24/07/2021 12h00

Vereador Renato Freitas foi detido durante protesto contra Jair Bolsonaro Foto: Reprodução

O vereador petista Renato Freitas foi detido, na noite desta sexta-feira (23), em Curitiba, no Paraná, ao participar de um protesto contra o presidente Jair Bolsonaro. Renato estava em uma praça no Centro da cidade quando foi rendido por guardas municipais e levado dentro do porta-malas da viatura para a Central de Flagrantes.

O parlamentar gravou um vídeo enquanto aguardava para depor. Ele afirmou que usava um megafone para gritar palavras de ordem contra Bolsonaro quando abordado por um homem.

– Ele veio em cima de mim para pegar meu megafone e eu vim para trás. E em um primeiro momento eu não liguei muito, então ele me deu um chute. Eu coloquei a mão e falei: opa, aqui não. Daí ele já veio feito um louco querendo me agredir – relatou.

Freitas admite que reagiu e, ao tentar afastar o homem com o megafone, o objeto atingiu o rosto dele. Em seguida, a Guarda Municipal chegou. O vereador afirmou sua inocência e disse que câmeras de segurança do local irão comprovar que ele não provocou a confusão e nem ofereceu resistência aos guardas.

– Um fato que deve ser sublinhado é de que quando veio a Guarda Municipal eu comecei a esclarecer o ocorrido e por conta de questões pessoais não me deixaram explicar o que ocorreu. E a Guarda começou a me imobilizar, me agredir. Eles me jogaram no chão, pisaram, começaram me asfixiar. Pegaram o celular e começaram a filmar meu rosto como se eu fosse um troféu – reclamou.

Ainda segundo Freitas, durante o trajeto para a delegacia, os agentes colocaram música no último volume e celebraram a prisão do ativista.

O PT usou as redes sociais para manifestar repúdio à ação.

– A perseguição com lideranças de esquerda precisa parar. Não podemos mais aceitar esses casos de violência, justiça para Renato Freitas já – escreveu o perfil do partido.

Leia também1 DiCaprio, Greta e Macron se calam sobre incêndios nos EUA
2 Heleno atribui suspeitas de Joice a 'perturbação da pancada'
3 Nunes Marques aciona PGR contra colunista da Folha
4 Joice revela a site que tem "dois suspeitos" de suposto atentado
5 Frias critica uso de "todes" em post do Museu da Língua Portuguesa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.