Leia também:
X Bolsonaro critica governadores do NE por tentarem barrar teto do ICMS

TRT hasteia bandeira LGBT ao som do Hino Nacional Brasileiro

Tribunal Regional do Trabalho substituiu sua própria bandeira por emblema LGBT

Paulo Moura - 02/07/2022 11h52 | atualizado em 02/07/2022 23h42

Bandeira LGBT foi hasteada ao som do Hino Nacional Foto: Divulgação/Ascom TRT8

Em uma cerimônia realizada na última terça-feira (28), o Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT-8), que atende os estados do Pará e do Amapá, realizou o hasteamento da bandeira do movimento LGBTQIA+ ao som do Hino Nacional. De acordo com o Tribunal, o símbolo foi colocado no lugar da bandeira da Corte trabalhista.

O responsável por fazer o hasteamento da bandeira LGBTQIA+ foi o juiz trabalhista Otávio Ferreira, que integra o grupo de trabalho da Diversidade do TRT-8. Também participaram do evento os desembargadores Francisco Rocha, Sulamir Monassa, Maria Coelho e Paulo Isan Júnior.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por TRT da 8a Região (@trt_8a)

Apesar da premissa de imparcialidade do Judiciário, a representante da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 8ª Região, juíza Silvana Mattos Braga, disse que era “importante mostrar para a sociedade que a magistratura organizada se importa e abarca essa bandeira e entende como valor importante e social apoiar a causa”.

A atividade, porém, não foi a única sobre o tema realizada no âmbito do TRT-8 durante a semana. Também na terça, mas durante a noite, o prédio sede do Tribunal, localizado em Belém, no Pará, recebeu uma iluminação nas cores que representam os tons do símbolo do movimento LGBTQIA+.

Leia também1 Bolsonaro critica governadores do NE por tentarem barrar teto do ICMS
2 Daniella Marques toma posse como nova presidente da Caixa
3 Morre o médico que inspirou Trump a adotar o "Kit Covid"
4 Confira a entrevista completa de Jair Bolsonaro a Tucker Carlson
5 Em delação à PF, Marcos Valério relaciona o PT ao PCC

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.