Leia também:
X Damares Alves assume como ministra da Mulher e Família

Transmissão de cargo a Witzel tem cerimônia ecumênica

Novo governador foi empossado nesta terça, mas cerimônia aconteceu nesta quarta

Henrique Gimenes - 02/01/2019 19h27 | atualizado em 03/01/2019 11h48

Nesta quarta-feira (2), aconteceu a transferência de cargo do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. Ele recebeu o cargo do governador interino, Francisco Dornelles. A cerimônia contou ainda com um culto ecumênico.

Participaram o arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani Tempesta, o pastor da Igreja Batista Atitude, Josué Valandro Jr, o rabino Yossef Simonowits, representante da comunidade judaica e o babalaô Ivanir dos Santos, representante das religiões de matizes africanas

O evento aconteceu no Palácio Guanabara e teve a execução do Hino do Estado do Rio de Janeiro, revista de tropas e desfile da guarda palaciana. Em sua conta do Instagram, o pastor Josué Valandro falou sobre o encontro.

– Mais um grande privilégio dado por Deus. Orar na transmissão de cargo de Governador do Estado do Rio de Janeiro – escreveu.

O pastor Kleber Lucas, da Igreja Batista Soul, também comentou a cerimônia em suas redes sociais.

– Em um estado laico é direito dos católicos, é direito dos evangélicos e protestantes, é direito de judeus e muçulmanos e das confissões abraâmicas, é direito das religiões de matizes africanas, é direito de todas as religiões, é direito dos ateus, agnósticos ou indecisos, ter lugar de fala, de escuta e serem respeitados – apontou.

Leia também1 Wilson Witzel recebe cargo em cerimônia na sede do governo
2 Damares Alves assume como ministra da Mulher e Família

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.