Tragédia: Menino morto em massacre era atuante na igreja

Samuel Melquíades Silva de Oliveira, de 16 anos, estudava na Escola Estadual Raul Brasil

Pleno.News - 13/03/2019 20h56

Entre os mortos no massacre que aconteceu na Escola Estadual Professor Raul Brasil está Samuel Melquíades Silva de Oliveira, de 16 anos. Ele não apenas frequentava, mas também era conhecido por ser bastante atuante em sua igreja.

Em entrevista ao G1, o tio dele, José Silva, disse que o menino ajudava o pai nas pregações.

– Era um menino dinâmico e especial – afirmou.

Nas redes sociais, membros da denominação da qual Samuel fazia parte pediram orações pela família dele e também pelos demais enlutados. O garoto fazia parte do grupo Clube Soldados da Fé, da Igreja Adventista do Sétimo Dia Central de Suzano, em São Paulo.

– Temos a grande esperança de encontrá-lo no Céu. Oremos também por todos os familiares que perderam seus filhos, sobrinhos, netos. Que Deus traga o consolo necessário nessa hora – escreveu o pastor Moisés Móra.

Outro pastor adventista, Oriel Pedroso, também publicou fotos de Samuel e comentou o caso.

– A família do MDA perdeu um grande desbravador! As informações são de um garoto dedicado a Deus e à igreja. Que o Senhor conforte todas as famílias das vítimas – declarou.

LEIA TAMBÉM+ Suzano: Saiba quem são as vítimas da tragédia na escola
+ Assassino postou foto com arma minutos antes do ataque
+ Suzano: Mãe relata desespero do filho que sobreviveu


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo