Leia também:
X Caminhoneiros chamam Doria de “ladrão” e “sem vergonha”

Traficantes instalam base em cima de sede da UPP no Andaraí

Criminosos se revezam em plantões em quadra poliesportiva para monitorar os policiais

Thamirys Andrade - 22/02/2021 11h07 | atualizado em 22/02/2021 11h49

Membros do tráfico instalaram uma base em cima da UPP de Andaraí, a fim de monitorar a movimentação dos agentes. Os criminosos se revezam em plantões em uma quadra poliesportiva, instalada acima da unidade. De acordo com o setor de inteligência, o objetivo dos meliantes é “ameaçar e afrontar os policiais” que trabalham na sede.

– A presença de meliantes fortemente armados logo em cima da base tem como objetivo ameaçar e afrontar os policiais que nela trabalham, representando uma séria ameaça à segurança orgânica do aquartelamento, bem como incremento da vulnerabilidade nos deslocamentos realizados pelo efetivo das atividades meio e fim para assunção e troca de serviço – diz o relatório.

As imagens do inquérito, obtidas pelo jornal Extra, exibem traficantes com fuzis e drogas poucos metros acima da porta da UPP.

VULNERABILIDADES
O relatório também expõe o déficit de agentes da unidade, que perdeu 80 policiais ao longo dos últimos anos. Os PMs são alvos de disparos de fuzis recorrentemente, e a sede tem sofrido uma série de ataques.

Na madrugada do último domingo (3), os traficantes atearam fogo em uma viatura que estava estacionada na vaga do comandante da UPP. A retaliação foi horas após a morte de um traficante.

Os criminosos dificultam ainda o acesso dos policiais jogando óleo queimado nas ladeiras que levam a bases onde há fuzis apontados em direção à UPP.

Leia também1 Suspeitos de furar fila da vacina viram alvos de operação policial
2 Governador da Bahia amplia o toque de recolher no estado
3 Max do PCC foi pego com cocaína e ficou só 24 horas preso
4 Confusão em lanchonete em SP deixa duas funcionárias feridas
5 PM é preso saindo de favela do RJ com 14 quilos de crack e pistola

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.