Leia também:
X MP do Amazonas pede a prisão do prefeito de Manaus

Trabalhadores protestam contra medidas restritivas de Doria

Grupo realizou manifestação em São Paulo nesta quarta-feira

Henrique Gimenes - 27/01/2021 19h58

Protesto contra medidas restritivas de Doria Foto: Reprodução

Na tarde desta quarta-feira (27), trabalhadores filiados ao Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de São Paulo (Sinthoresp) realizaram um protesto contra as novas medidas restritivas adotadas pelo governo João Doria.

As medidas adotadas pelo governo paulista passaram a valer nesta segunda-feira (25). Uma delas, que vale para todo o estado, é a proibição de funcionamento dos serviços não essenciais entre 20h e 6h.

O protesto dos trabalhadores foi realizado na Avenida Paulista. De acordo com os sindicatos, a “decisão de interromper o funcionamento de bares, restaurantes e similares, diariamente a partir das 20h e por todo o dia nos fins de semana, pode prejudicar a sobrevivência dos estabelecimentos e devastar o emprego”.

Ao portal Metrópoles, o declarou o secretário-geral do Sinthoresp, Rubens Fernandes da Silva, disse que a situação está grave.

– Ano passado perdemos mais de 100 mil empregos no estado. Podemos perder mais 20 mil, caso as restrições continuem – explicou.

Mais cedo, Doria deu uma entrevista à rádio BandNews FM, disse entender as dificuldades pelas quais os comerciantes passam, mas lembrou que “mortos não consomem”.

– Sei que é difícil, complexo. Sei que é muito duro para um comerciante, dono de bar, dono de restaurante, de um pequeno comércio suportar isso. Mas quero lembrar que mortos não consomem, mortos não vão a bares, mortos não vão a restaurantes, mortos não compram pão, e mortos não consomem sapatos. Temos que preservar vidas para depois recuperar a economia. Vamos fazer isso. Isso vai acontecer – ressaltou o governador paulista.

Leia também1 "Mortos não consomem", diz Doria em recado a comerciantes
2 Governo não tem contrato com empresas privadas por vacina
3 SP 'pressiona' governo a comprar mais doses de CoronaVac
4 Doria 'se revolta' e nega que governo atuou por insumos
5 Covid-19: Interior de SP ignora Doria e cria próprias regras

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.