Tiroteio em comunidade do RJ atinge igreja e deixa vítima

Há relatos de outros atingidos, mas sem confirmação da polícia

Pleno.News - 07/12/2018 07h40

Tiroteio entre bandidos e policiais atinge igreja no Morro do Borel Foto: Folhapress/Daniel Marenco

Um tiroteio durante a madrugada desta sexta-feira (7) na Zona Norte do Rio de Janeiro atingiu diversos estabelecimentos do Morro do Borel, na Tijuca. Uma igreja evangélica teve objetos quebrados e as paredes apresentaram marcas de tiros.

Segundo o portal de notícias da comunidade, o motivo do tiroteio teria sido a prisão de um suposto chefe do tráfico na região, de apelido Galego. Ele participava de um culto na igreja, que fica na parte baixa do morro, quando foi apreendido. Outros bandidos tentaram resgatá-lo atirando contra os policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

Um policial, um mototaxista e o próprio chefe do tráfico teriam morrido no confronto. Outro agente teria sido baleado. Não há confirmação dessas informações pela UPP. Os agentes afirmaram, porém, que um suspeito ficou ferido e levado para o Hospital Federal do Andaraí, onde faleceu.

#AlertaInformesRIO #Tijuca #BorelSegundo informações esse vídeo é de um tiroteio que ocorreu ainda pouco no morro do Borel. Motivo do tiroteio foi a prisão de um suposto chefe do Borel que estava numa igreja na parte baixa do morro, após a prisão bandidos desceram para poder resgata-lo. Segundo relatos de moradores do local, é que teve a morte de um PM, e um foi baleado, assim como um MotoTaxista e o próprio chefe do morro. Relatos ainda não confirmados.

Publicado por Alerta Informes RIO em Quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

LEIA TAMBÉM+ 'Estou chocada', diz mulher de Pezão após prisão do marido
+ Em entrevista, ex-presidente Lula faz críticas a Sérgio Moro
+ No RJ, sexta edição de festival de cinema emociona plateia


Clique para receber notícias
WhatsApp
Envie sugestões por WhatsApp
+55 (21) 97150-9158