Leia também:
X Assista ao vivo a posse de Moraes na Presidência do TSE

Suspeitos de golpe em idosa são presos: “A gente não é do mal”

Foram presos a falsa vidente Diana Rosa Stanesco, de 37 anos, e seu pai, Slavko Vuletic

Gabriel Mansur - 16/08/2022 18h56 | atualizado em 16/08/2022 19h30

Suspeitos de golpe em idosa são presos Foto: Reprodução

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (16), os únicos dois foragidos da operação Sol Poente, que investiga um golpe avaliado em R$ 725 milhões sobre a idosa Geneviève Boghic, de 82 anos, viúva de um dos maiores merchants e colecionadores de arte do país, Jean Boghici, falecido em 2015. A maior parte desse montante foi desviado em 16 obras de arte.

Foram presos a falsa vidente Diana Rosa Stanesco, de 37 anos, e seu pai, Slavko Vuletic. Eles foram localizados em uma casa em Saquarema, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. Antes, outros quatro membros da quadrilha já haviam sido detidos, inclusive a filha de GeniviOve, Sabine Boghici, apontada como a articuladora do plano.

A ação desta terça, assim como toda a operação Sol Poente, foi organizada pela Delegacia Especial de Atendimento à Pessoa da Terceira Idade (Deapti). Os dois suspeitos não resistiram à abordagem. Slavko, inclusive, tentou acalmar os policiais dizendo: “A gente não é do mal, a gente tenta ser do bem, mas tem os seus desvios, com certeza.”

Diana Rosa tem uma ficha policial corrida, com dez anotações criminais, incluindo o golpe na idosa. Ela foi a primeira falsa vidente a abordar Geneviève na saída de uma agência bancário, no Bairro de Copacabana, com uma falsa previsão de que sua filha estava muito doente e iria morrer se não fosse alvo de um trabalho espiritual.

O plano foi elaborado pela filha de Geneviève, Sabine Boghici, e sua companheira, a também falsa vidente Rosa Stanesco, conhecida ainda como Mãe Valéria de Oxóssi, para tentar acessar parte da herança de Sabine. O inventário dos bens de Jean Boghici está na Justiça desde 2015, e tem Geneviève como inventariante.

Participaram do golpe ainda Jacqueline Stanescos (prima de Rosa e outra falsa vidente) e Gabriel Nicolau (filho de Rosa). Sabine, Rosa, Jacqueline e Gabriel estão presos temporariamente. Ronaldo Ianov, sogro de Diana, também foi investigado, mas morreu antes da operação.

Leia também1 Justiça do Rio mantém prisão de filha roubou a própria mãe
2 “Assustada e com medo da filha”, diz delegado sobre idosa vítima de golpe
3 Saiba quem é Sabine Boghici, presa por golpe contra a mãe
4 Mulher que deu golpe pôs faca no pescoço da mãe, de 82 anos
5 Filha é presa por aplicar golpe de R$ 725 milhões contra a mãe

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.