Leia também:
X Tarcísio: “Fantasma do MST tem que ser banido do Brasil”

Suspeito de matar mulher e filho bebê em Santa Catarina é preso

Homem foi detido no interior de São Paulo, mas será levado de volta para o estado onde o crime aconteceu

Paulo Moura - 27/07/2022 08h13 | atualizado em 27/07/2022 12h09

Mãe e filho foram encontrados mortos Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Kelber Henrique Pereira, o homem que é apontado como suspeito de ter matado na última segunda-feira (25) a companheira de 23 anos e o filho do casal, um bebê de apenas três meses, na cidade catarinense de Blumenau, foi preso pela Polícia Militar no fim da noite desta terça (26) em Paulínia, interior de São Paulo. A informação é do delegado responsável pelo caso, Ronnie Esteves.

Jéssica Mayara Ballock e o filho dela, Théo Pereira, foram encontrados mortos pela polícia com ferimentos na garganta. De acordo com o delegado que investiga o crime, uma faca com sangue estava no apartamento. A Polícia Civil, porém, ainda aguarda laudos do Instituto Médico Legal (IML) sobre os corpos.

Kelber teve a prisão temporária solicitada assim que a Polícia Civil iniciou as investigações. O outro filho do casal, um menino de 1 ano e 10 meses, estava desaparecido, mas foi localizado em Minas Gerais com os avós paternos. A criança está bem, de acordo com a polícia.

Segundo informações divulgadas pela EPTV Campinas, afiliada da Globo na região onde o homem foi preso, Kelber contou que foi para São Paulo com o objetivo de se internar em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos indicada por um amigo.

A Polícia Civil apura, no entanto, se alguém ajudou o homem a fugir e trocar de carro em Bragança Paulista, também em São Paulo.

Depois de ser interrogado pelos policiais, Kelber foi levado a Campinas para passar por audiência de custódia e a previsão é que ele seja transferido para Blumenau ainda nesta quarta (27).

Leia também1 Mãe e filho recém-nascido são encontrados mortos em casa
2 Macacos selvagens atacam e deixam 42 feridos no Japão
3 Fontenelle critica Safadão por vídeo com a filha: "Baixo calão"
4 Homem com 47 passagens diz ter matado ex: "Dei tiro nela"
5 Pr. David Miranda Neto reage a proibições da Igreja Deus é Amor

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.