Leia também:
X Além da Covid, Brasil teve 55 mil mortes por outras doenças acima do previsto

Suspeito de estuprar enteada de 2 anos é espancado por vizinhos

Caso aconteceu em Belo Horizonte

Ana Luiza Menezes - 20/04/2021 16h05 | atualizado em 20/04/2021 16h09

testemunhas disseram que criança de 2 anos era estuprada pelo padrasto (Imagem ilustrativa) Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (19), um homem suspeito de estuprar a enteada, de 2 anos de idade, foi espancado por vizinhos. O caso aconteceu no bairro São Francisco, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte (MG).

Testemunhas disseram aos policiais militares que a menina contou para a babá que o padrasto, que tem 62 anos, encostava as mãos e o órgão genital nas partes íntimas dela durante banho. Segundo relatos, os abusos aconteciam todos os dias.

A babá, que também é vizinha do suspeito, percebeu ainda que a vítima reclamava de dores e estava com lesões nas partes íntimas. As informações são do portal G1.

A polícia foi acionada e encontrou o homem, já ferido, dentro de casa. De acordo com os agentes, ele tinha ferimentos pelo corpo e uma fratura exposta na perna.

O suspeito negou que tenha estuprado a criança e confirmou apenas que os vizinhos bateram nele. Depois, foi levado para o Hospital João XXXIII.

O estado de saúde do suspeito não foi divulgado pela assessoria de imprensa da unidade de saúde.

A mãe da menina tem 41 anos. Ela foi presa após os vizinhos informarem que ela sabia dos abusos.

A polícia ainda não divulgou para onde a vítima foi levada.

Os vizinhos que agrediram o abusador não foram encontrados.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia Especializada de Orientação e Proteção à Criança e Adolescentes (Dopcad).

Leia também1 Homem é preso suspeito de estuprar enteada e 3 filhas dela
2 Professor de Direito sugere que vítima ‘colabora’ com estupro e causa revolta
3 França aprova lei que considera estupro sexo com menores de 15
4 No Amapá, homem de 35 anos é preso por abusar da própria filha
5 Idoso dava presentes para crianças para poder estuprá-las

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.