Leia também:
X Conselheiro médico orienta Lula a não estar no 7 de setembro

SP: Segurança em 7 de Setembro terá drones e tropas especiais

Afirmação foi feita pelo secretário de segurança do estado de São Paulo, general João Camilo Pires de Campos

Henrique Gimenes - 01/09/2021 14h34

São Paulo, Avenida Paulista
São Paulo, Avenida Paulista Foto: Rogério Cassimiro | MTUR

Após a Justiça liberar manifestações de opositores do presidente Jair Bolsonaro em São Paulo no dia 7 de setembro, a segurança dos atos na capital do estado irá contar com drones e tropas especiais. A informação foi dada pelo secretário de segurança do estado de São Paulo, general João Camilo Pires de Campos.

Os atos contra o presidente Jair Bolsonaro serão realizados no Vale do Anhangabaú. No mesmo dia, apoiadores de Bolsonaro irão realizar manifestações na Avenida Paulista.

– Estaremos com as tropas locais, especiais, com apoio dos drones, como fazemos nas mais variadas manifestações – apontou João Camilo Pires de Campos.

O secretário de Segurança informou que os dois grupos tem “propósitos distintos” e que a segurança dos manifestantes exigirá um esforço maior parte do poder público.

– São dois grupos com propósitos distintos. Na nossa orientação, o ideal é que se reunissem em dias separados para que pudéssemos dar segurança e proteger a população (…) Houve uma decisão judicial e os dois grupos se manifestarão no mesmo dia. Isso exigirá um esforço maior da Polícia Militar e da Polícia Civil, mas cumpriremos o nosso papel e já estamos planejando isso – destacou.

Os atos a favor do presidente foram liberados pela gestão Doria por terem sido requisitados primeiro. O governador, no entanto, decidiu proibir as manifestações contrárias por questões de segurança. Diante da medida, a Campanha Nacional Fora Bolsonaro decidiu acionar a Justiça na sexta-feira (27) para realizar o protesto.

Em decisão de segunda-feira (30), o juiz Randolfo Ferraz de Campos, da 14ª Vara de Fazenda Pública, liberou os atos e disse que “ninguém tem poder para vetar reuniões”. Além disso, ressaltou que o governo de SP deverá garantir a segurança dos manifestantes.

Leia também1 7 de setembro: No Reino Unido também terá atos pró-Bolsonaro
2 Bolsonaro: "Quem quer a paz se prepare para a guerra"
3 Luciano Hang, da Havan, passa a ser investigado pela CPI da Covid
4 7 de setembro: Caravanas sairão de 10 estados rumo a Brasília
5 Para blindar STF, Praça dos Três Poderes será fechada para atos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.