Leia também:
X Mulher se casa com boneco de pano e viaja para lua de mel

SP registra aumento brusco de internações por causas respiratórias

Foram mais de mil internações nos últimos sete dias

Monique Mello - 21/12/2021 20h00 | atualizado em 22/12/2021 10h29

São Paulo registrou elevação de 47,5% nas internações por causas respiratórias Foto: EFE / Daniel Marenco

De acordo com o Observatório Covid-19 BR, a cidade de São Paulo voltou a registrar aumento nas hospitalizações de casos suspeitos de infecção por Covid-19. Foram 1.170 internações apenas nos últimos sete dias. A semana anterior havia registrado 793 novos pacientes.

De uma semana para outra, houve uma elevação de 47,5%. Os dados fazem parte do censo hospitalar organizado pela Fundação Seade, que compila registros de internações fornecidos pelos hospitais diariamente, e foram divulgados pela Folha.

O secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, contou ao jornal que o aumento de internações podem ser motivados por Influenza A, e não por Covid-19.

De acordo com o secretário, a cidade tem 32% de ocupação de leitos de UTI e 41% de enfermaria. No total, há 963 vagas de internação para o tratamento de Covid na capital paulista, que mantém um hospital de referência para o tratamento de infectados pelo coronavírus.

Roberto Kraenkel, professor da Unesp (Universidade Estadual Paulista) e integrante do Observatório, aponta que as novas internações na cidade têm duplicado num intervalo de 3 a 5 dias, coincidindo com o padrão visto na Europa em relação às hospitalizações causadas pela variante Ômicron.

– Ainda existe uma confusão com [o diagnóstico] de gripe, mas é uma emergência de saúde pública de qualquer maneira – diz Kraenkel, em relação ao aumento de pacientes internados.

Mesmo minimizando o aumento das internações, a pasta da Saúde da capital paulista está sob alerta desde de que confirmou a circulação comunitária da Ômicron, na semana passada. Já foram contabilizados sete casos da variante entre pessoas que não tiveram contato com viajantes. Até o momento, são 17 os casos confirmados da nova cepa na cidade.

Leia também1 Fiocruz defende a vacinação de crianças contra a Covid-19
2 Tedros diz que "evento cancelado é melhor que vida cancelada"
3 RJ: Comitê recomenda Carnaval sem restrições no cenário atual
4 Assessoria de Zé Neto divulga estado de saúde do sertanejo
5 Governo atende ao STF e publica portaria do passaporte da vacina

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.