Leia também:
X Manifestantes gritam em frente à casa de Doria: “Renuncia”

SP: Idoso recebe doses de vacinas diferentes contra Covid

Caso aconteceu em Bertioga

Ana Luiza Menezes - 14/03/2021 21h17 | atualizado em 15/03/2021 10h18

Idoso recebe doses diferentes de vacinas contra Covid Foto: Arquivo Pessoal

Em Bertioga, no litoral de São Paulo, um idoso de 93 anos recebeu duas doses de vacinas diferentes contra o novo coronavírus. O erro foi descoberto por profissionais de saúde que foram até a casa do homem para falar sobre o caso. As informações são do portal G1.

A Secretaria de Saúde do município afirmou que houve falha humana e que se trata de um caso isolado.

A filha de João Raimundo de Sousa disse que ele tomou a primeira dose da CoronaVac, do Instituto Butantan, em fevereiro. No dia 3 de março, ela levou o pai para a Unidade de Saúde de Saúde Básica (UBS) do Jardim Indaiá, para que o aposentado recebesse a segunda dose da vacina.

– Meu pai tomou a primeira dose da vacina no dia 10 de fevereiro, fiquei toda feliz e marcaram para ele retornar no dia 3 de março. Na carteirinha estava marcando o lote e que ele tinha tomado a do Butantan, que é a CoronaVac – contou Fatima Regina de Sousa Miguel.

Na data marcada para a segunda dose, foi aplicado o imunizante de Oxford/AstraZeneca em João Raimundo.

– Veio a enfermeira que tinha aplicado, a chefe da enfermeira e uma terceira pessoa na minha porta. Eu fiquei assustada, perguntei o que tinha acontecido, e elas disseram que o meu pai tinha tomado a dose da vacina que não era [a da vacina] do Butantan. Eu gelei. Pensei que ia dar uma reação. Ele não teve nada, está bem – relatou Fatima.

A Prefeitura de Bertioga, por meio da Secretaria de Saúde, informou que o idoso deverá receber a segunda dose da CoronaVac, conforme recomenda o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE). Leia a nota na íntegra, abaixo:

A Secretaria de Saúde de Bertioga informa que tomou ciência do ocorrido e que se trata de caso isolado. Houve falha humana durante a aplicação do imunizante no idoso J.R.S, de 93 anos, que recebeu doses de diferentes vacinas contra a Covid-19.De acordo com a Secretaria, a técnica de enfermagem responsável pela aplicação sempre teve boa conduta profissional. Após constatar o ocorrido, a funcionária foi advertida, e a Secretaria reforçou a orientação a todos os profissionais que atuam na imunização contra a Covid-19. O Município também ampliou a fiscalização e está adotando novo protocolo de vacinação a fim de evitar erros. A Prefeitura lamenta o ocorrido e informa que já orientou a família do idoso, que receberá a segunda dose da vacina CoronaVac, conforme recomendação técnica do Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE).

Leia também1 AstraZeneca reafirma segurança da vacina após suspensões
2 Justiça dá 72 horas para Alesp explicar gastos com publicidade
3 Aos 75 anos, ex-presidente Lula é vacinado em São Paulo
4 Vacinados contra a Covid-19 no Brasil chegam a 9,5 milhões
5 'Vacina de vento': Técnica queria desviar dose, conclui polícia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.