Leia também:
X População vai ao Senado para protestar contra Calheiros

Sobe para 121 o número de mortos em Brumadinho

Corpo de Bombeiros assumiu o compromisso de não encerrar as buscas

Camille Dornelles - 02/02/2019 16h20

Barragem da Vale em Brumadinho, MG, se rompeu no dia 25 Fotos: EFE/Antonio Lacerda, Lucas Landau, Yuri Edmundo e Paulo Fonseca

O número de mortos na catástrofe em Brumadinho, Minas Gerais, subiu para 121 neste sábado (2). Ainda há 226 desaparecidos e o Corpo de Bombeiros continua as buscas.

De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, tenente Pedro Aihara, as equipes de busca e resgate identificaram uma área onde “possivelmente” está “um grande número de vítimas”.

Segundo ele, os trabalhos deste nono dia de buscas se concentrarão lá, mas não serão limitados a este local.

– Estamos com muitas equipes de busca e também com cães farejadores no local. Já identificamos três pontos com corpos. Agora, vamos começar os trabalhos de escavação na área – afirmou ele.

O tenente também garantiu que as busca continuarão “até o último corpo ser entregue”.

– O Corpo de Bombeiros permanecerá até que o último corpo ser entregue aos familiares das vítimas ou até o momento em que a recuperação dos corpos for inviável. Nós não encerraremos a operação. Este é um compromisso assumido não só pelo Corpo de Bombeiros, como pelo governo – explicou.

Os bombeiros receberam nesta manhã o reforço de 60 militares, que auxiliarão nos trabalhos nos próximos dias.

EXIGÊNCIA DE EXPLICAÇÕES
Minutos antes da divulgação do balanço mais recente, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, pediu que a Vale assuma a responsabilidade pela tragédia em Brumadinho e pediu respostas sobre o desastre.

– Esperamos respostas efetivas e rápidas por parte de Vale a respeito deste desastre – disse ele, em entrevista coletiva.

Zema disse que, nove dias depois da catástrofe, é necessário que a Vale “assuma efetivamente a sua responsabilidade”, tanto em matéria de impactos ambientais quanto nos quesitos social e econômico.

Por fim, o governador elogiou o “nobre trabalho” que tem sido feito nos últimos dias e afirmou que o governo federal fez “todo o possível” para apoiar tanto o município quanto o governo de Minas Gerais.

Leia também1 Igreja em Brumadinho monta lavanderia e ajuda bombeiros
2 Ao voltar do Brasil, israelense pede namorada em casamento
3 Brumadinho é apontada como lição para o mundo por jornal

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.