Leia também:
X Policiais cercam bairro onde Lázaro teria sido visto em Goiás

Após 20 dias de buscas, Lázaro morre em confronto com a polícia

Governador de Goiás, Ronaldo Caiado, havia confirmado mais cedo a prisão do criminoso

Paulo Moura - 28/06/2021 09h43 | atualizado em 28/06/2021 10h37

O serial killer Lázaro Barbosa foi morto, na manhã desta segunda-feira (28), após ser procurado por 20 dias por mais de 270 agentes de segurança. O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), havia confirmado a prisão de Lázaro por meio de sua conta no Twitter. Logo depois, a polícia confirmou a morte do criminoso.

– Tá aí, minha gente. Como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do país, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido – escreveu.

Momento em que Lázaro foi capturado pelos policiais Foto: Reprodução

A força-tarefa montada para tentar capturar Lázaro Barbosa havia sido intensificada na madrugada desta segunda-feira (28), com um cerco em um bairro de Águas Lindas de Goiás (GO), a cerca de 20 quilômetros de onde foi montada a base da operação policial. Moradores do local disseram ter visto o homem por volta de 21h de domingo (27).

Lázaro era investigado por matar uma família de quatro pessoas em Ceilândia (DF) e por, pelo menos, outros sete crimes em território goiano. Moradores do Setor Itamaracá, bairro de Águas Lindas de Goiás, que preferiram não ser identificados, disseram ter acionado a polícia assim que viram Lázaro. Porém, ele conseguiu fugir pela mata. Então, já na madrugada, o cerco foi montado.

Leia também1 Policiais cercam bairro onde Lázaro teria sido visto em Goiás
2 Em fuga, Lázaro criou perfil fake para acompanhar buscas
3 Jornal Hoje amarga sequência de derrotas para o Balanço Geral
4 Polícia de Goiás recebe carta supostamente escrita por Lázaro
5 Comparsas cozinhavam e davam abrigo para Lázaro, afirma site

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.