Leia também:
X Doria cita mãe de Bolsonaro em vídeo de campanha das prévias

Segurança do prefeito Ricardo Nunes troca tiros com bandidos

Agente sofreu tentativa de assalto na Zona Leste de São Paulo

Monique Mello - 04/11/2021 16h34 | atualizado em 04/11/2021 17h36

Agente de segurança aguardava carro da prefeitura quando foi abordado Foto: Reprodução/Record TV

Um dos seguranças do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), sofreu uma tentativa de assalto na madrugada desta quinta-feira (4), em Vila Ré, na Zona Leste da capital paulista. O agente aguardava a chegada do carro oficial da prefeitura quando foi abordado por dois criminosos.

O profissional de 41 anos, que é policial militar, disparou cinco vezes contra os suspeitos, que conseguiram fugir. A Polícia Militar suspeita que os dois homens tenham fugido para o interior de uma comunidade da região, onde permanecem escondidos.

Nota da Prefeitura de São Paulo:
A Prefeitura de São Paulo informa que um integrante da Assessoria Policial Militar da Prefeitura foi abordado por dois indivíduos que tentaram assalta-lo enquanto se deslocava para o serviço, por volta das 4h45 desta quinta-feira (04). O policial reagiu ao assalto, e os autores fugiram. O servidor não ficou ferido. A ocorrência foi apresentada no 24º DP (Ponte Rasa).

Um episódio semelhante ocorreu também com policiais que trabalham na escolta do prefeito em setembro deste ano. Na ocasião, os agentes trocaram tiros com criminosos no bairro do Socorro, na Zona Sul de São Paulo. Um bandido morreu e outro fugiu.

Leia também1 Doria cita mãe de Bolsonaro em vídeo de campanha das prévias
2 Por apoio de militares, Moro convida generais para filiação
3 Derrota! Aliados de Doria são excluídos das prévias do PSDB
4 Internautas zombam de carisma de Moro em vídeo para o MBL
5 Confira a íntegra do depoimento do presidente Jair Bolsonaro à PF

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.