Leia também:
X Damares e Moro irão assinar acordo em prol de mulheres

Secretaria de educação vai apurar funk em escola no Rio

Vídeo com denúncia de música contendo letras inapropriadas se espalhou nas redes sociais

Henrique Gimenes - 07/03/2019 21h56

Vídeo mostra funk tocando em escola Foto: SMCS/Daniel Castellano

Nesta quinta-feira (7), a Secretaria Municipal de Educação (SME) do Rio de Janeiro informou que abriu uma comissão para apurar denúncia sobre um vídeo em que uma escola municipal teria tocado funk com letras não apropriadas aos estudantes. A denúncia foi feita em um vídeo que se espalhou pelas redes sociais. A informação foi dada pelo portal G1.

Em nota, a SME informou que “tão logo tomamos conhecimento do ocorrido, foi instaurada uma Comissão de Inquérito que terá prazo de até 45 dias para apresentar o relatório final. As punições poderão variar de advertência até o afastamento da direção da escola”.

O vídeo mostra um homem passando do lado de fora da Escola Municipal Primário Vera Lúcia Chaves da Costa, em Santa Cruz, e filmando o local enquanto uma música é tocada. A pessoa então faz crítica ao fato de funk ser tocado mas não o Hino Nacional.

Em suas redes sociais, a escola informou que a canção foi tocada durante um baile de carnaval junto a outras músicas. Diz ainda que o funk foi escolhido para não ofender o espaço e escolar e que foi tocado apenas na última hora do baile.

A direção disse também que os responsáveis pelos alunos aprovaram as músicas e que o baile faz parte do Projeto Família na Escola, que convidou os pais a participarem do evento junto aos filhos. A escola também informou que o “Hino Nacional Brasileiro é executado semanalmente, às quintas-feiras, na hora da entrada”.

Leia também1 Juiz determina transfusão em bebê Testemunha de Jeová
2 Jovem inventa estupro após sair com namorado e é presa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.