RJ vota proibir menores em exposições tidas como imorais

Câmara Municipal colocou o projeto de lei em pauta

Pleno.News - 18/09/2019 11h06

Lei foi proposta após a polêmica com a performance La Bête Foto: Reprodução

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro colocou na pauta desta quarta-feira (18) um projeto de lei que visa proibir a presença de crianças e adolescentes em exposições e espetáculos com cenas de nudismo, pornografia, zoofilia e conteúdo considerado “devasso, libidinoso, imoral ou impróprio à faixa etária”.

O texto foi elaborado pelos vereadores Alexandre Isquierdo (DEM) e Professor Adalmir (PSDB). Eles defendem que os ambientes artísticos devem colocar um cartaz com a proibição.

– Atualmente, a mídia tem divulgado uma série de exposições polêmicas acerca da interação artística entre crianças e artistas de nudes, expondo nossas crianças a uma situação vexatória – afirmaram os autores.

Eles relembraram o escândalo ocorrido durante a performance La Bête, no MAM, em 2017. Na ocasião, crianças interagiram com um artista nu.

A pauta deve ser votada na sessão ordinária que começa às 16h, após outras análises dos vereadores. Caso a lei seja aprovada, aqueles que permitirem a entrada de menores deverão pagar uma multa de R$ 5 mil, podendo chegar a R$ 10 mil em caso de reincidência.

LEIA TAMBÉM+ Livro ensinou crianças a se matarem com maçã? Entenda
+ Crivella diz que é acusado de ser homofóbico por ser pastor
+ Vereador critica capa da Veja sobre beijo gay em HQ


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo