Leia também:
X Jornalista Milton Coelho da Graça morre vítima da Covid-19

RJ: Pastor Marcos Pereira é absolvido de estupro contra fiel

Religioso recebeu a decisão já em liberdade

Gabriela Doria - 29/05/2021 15h50

Pastor Marcos Pereira é absolvido de acusação de estuprar fiel Foto: Reprodução

O pastor Marcos Pereira, da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD), foi absolvido pela Justiça do Rio da acusação de estupro contra uma fiel. Pereira foi preso em 2013 pelo crime e inocentado no dia 11 deste mês. Ele já estava em liberdade quando recebeu absolvição.

De acordo com a vítima, o crime havia ocorrido em 2006, na Baixada Fluminense.

A absolvição foi proferida pela 2ª Vara Criminal de São João de Meriti.

Os desembargadores alegaram que o líder religioso não poderia ser punido porque a vítima só denunciou o abuso após mais de seis meses da data do estupro.

No caso de Pereira, a vítima só comunicou o crime em 2012, seis anos após o abuso. Por este motivo, os desembargadores sustentaram a absolvição com base no artigo 103 do Código Penal, que diz que o crime deve ser comunicado em até seis meses após a vítima tomar conhecimento de quem foi o agressor.

Em setembro de 2013, Marcos Pereira chegou a ser condenado a 15 anos de prisão pelo crime. Ele ganhou a liberdade em dezembro de 2014, após a defesa entrar com recurso.

O religioso comentou a absolvição nas redes sociais.

– Eu fui absolvido de tudo aquilo que colocaram sobre mim, inclusive os 15 anos de condenação – disse o pastor, ao lado dos filhos.

Leia também1 Homem é linchado pela família após estuprar enteadas
2 Pai de santo é preso por estuprar vítimas em 'limpeza espiritual'
3 João de Deus é condenado por violação sexual. Penas já somam 64 anos
4 Oprah Winfrey revela que foi estuprada, aos 9 anos, por primo
5 Por 'medo', mãe deixa traficante estuprar a filha de 12 anos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.