Leia também:
X Moro quer direito de resposta na Globo à entrevista de Lula no JN

RJ: Justiça solta cônsul suspeito de matar companheiro

Uwe Herbert Hahn deixou unidade prisional nesta sexta-feira

Pleno.News - 26/08/2022 17h27 | atualizado em 26/08/2022 18h18

No Rio, cônsul alemão tinha sido preso suspeito de matar companheiro Foto: Reprodução/TV Globo

Nesta sexta-feira (26), o cônsul alemão Uwe Herbert Hahn, deixou a Casa do Albergado Crispim Ventino, em Benfica, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele foi solto após uma decisão tomada na quinta-feira (25) pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. As informações são do portal G1.

A desembargadora Rosa Helena Penna Macedo Guita alegou que houve “flagrante excesso de prazo para a propositura da ação penal” deferindo o relaxamento da prisão.

Walter Biot (à esquerda) e o cônsul da Alemanha, Uwe Herbert Hahn Foto: Arquivo Pessoal

No início do mês, a desembargadora havia negado um pedido de liberdade. Na época, o alemão pedia a revogação da prisão alegando ausência de flagrante e afirmando que houve inviolabilidade pessoal e invocando a Convenção de Viena para o seu posto de cônsul.

Hahn estava preso pela morte do companheiro, o belga Walter Henri Maximilien Biot, no dia 5 de agosto. No dia 7 de agosto, o cônsul teve sua prisão em flagrante convertida para preventiva.

Biot foi encontrado morto no apartamento do casal em Ipanema, na Zona Sul do Rio. Uwe disse que o marido sofreu um mal súbito, bateu a cabeça e morreu. No entanto, o laudo do Instituto Médico Legal (IML) constatou inúmeros ferimentos na cabeça e no corpo do belga.

Leia também1 Mulher se esconde embaixo de van para escapar de assalto
2 Menino morre após inalar meio vidro de desodorante aerossol
3 Polícia aprova 2º processo de demissão do delegado Da Cunha
4 Polícia apreende 3,5 toneladas de maconha em ações no Rio Negro
5 PF e MP prendem 8 suspeitos em ação contra a maior milícia do RJ

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.