Leia também:
X Combustível vaza e moradores de Caxias, no RJ, passam mal

Tragédia! Idosa morre e o filho guarda o corpo durante dias

Bombeiros descobriram corpo após denúncia de vizinhos

Jade Nunes - 26/04/2019 09h00 | atualizado em 26/04/2019 11h19

Delegacia onde o caso foi registrado Foto: Reprodução

Uma mulher de 64 anos foi encontrada morta, na noite desta quinta-feira (25), em um apartamento na Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O corpo não tinha sinais aparentes de violência, mas estava em estado avançado de putrefação.

A idosa foi achada no chão do corredor do apartamento de quarto e sala, com a cabeça apoiada numa almofada verde surrada. O filho dela, de 34 anos, estava ao lado do corpo. Os dois possuem históricos de doenças mentais, segundo os policiais.

Peritos da Polícia Civil indicam que a mulher tenha morrido há três ou quatro dias, mas isso será confirmado após exames.

– Nós últimos momentos, ela dormiu. A barriga estava parada, mas o rosto parecia normal. Achei normal. Depois, começou a ficar meio estranho. Não sou médico. Joguei um pouco de água na boca. A água ficou no canto da boca. Virei a cabeça para sair. Desse jeito, normal. Passou um tempo, já começou a explodir o rosto. Eu vi que já era. Deixei — contou o rapaz, que vivia com a mãe no imóvel, ao jornal O Globo.

Policiais militares afirmam que as condições do apartamento eram insalubres, com muito lixo acumulado. Sobre um fogão velho havia panelas com restos de comida.

O corpo de Luiza Leite Paim foi descoberto por bombeiros, após um chamado dos vizinhos que estavam incomodados com o cheiro.

– Eu cheguei a bater no apartamento hoje (quinta-feira) duas vezes, mas o filho dizia que a mãe estava bem, que estava dormindo. Apenas quando os bombeiros chegaram, ele mostrou o corpo – contou a síndica, que não quis ser identificada.

Leia também1 Combustível vaza e moradores de Caxias, no RJ, passam mal
2 RJ: Câmara analisa retomada de impeachment de Crivella
3 STJ mantém decisão que soltou funcionários da Vale

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.