Leia também:
X Amado Batista chama Lula de “ladrão” e defende Bolsonaro

RJ: Construtor de prédio que desabou admite obra irregular

Ele prestou depoimento na 16ª Delegacia de Polícia

Pleno.News - 04/06/2021 17h09 | atualizado em 04/06/2021 17h33

O construtor do imóvel que desabou na manhã de quinta-feira (3) em Rio das Pedras compareceu à polícia e disse que a construção era irregular. Genivan Gomes Macedo prestou depoimento espontâneo no início da noite do mesmo dia do acidente, na 16ª Delegacia de Polícia, que investiga o caso.

Ele perdeu o filho, Nathan de Souza Gomes, e a neta, Maitê Gomes Abreu, no desabamento. Sua nora, Maria Quiaria, ficou presa nos escombros e continua hospitalizada. Genivan contou aos policiais que comprou o terreno onde foi erguido o prédio há cerca de 25 anos e foi construindo o imóvel aos poucos, com ajuda de pedreiros. Segundo ele, não havia planta do prédio e nunca foi contratado pessoal especializado para a obra. Também não havia escritura, tratando-se de posse.

Genivan disse no depoimento que não sabia haver qualquer tipo de problema com o imóvel. Ele relatou, porém, que há cerca de 15 dias uma janela do imóvel estourou, o que já podia ser os primeiros sinais de movimentação da estrutura, mas se pensou que tivessem jogado alguma pedra contra a vidraça.

*Com informações da Agência Brasil

Leia também1 Jovem que perdeu marido e filha em desabamento está no CTI
2 Polícia Civil identifica dono de imóvel que desabou no Rio
3 Rio: 6 imóveis são interditados após desabamento de prédio
4 Polícia monta força-tarefa para apurar desabamento no Rio
5 Bebê de apenas dois anos e o pai morrem em desabamento no Rio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.