Leia também:
X Para se vingar da ex, pai mata a filha autista e fere 4 familiares

RJ começa a vacinar forças de segurança e salvamento

Campanha inclui policiais civis, militares, rodoviários, penais e bombeiros

Pierre Borges - 13/04/2021 18h31

RJ começa a vacinar forças de segurança e salvamento
Policiais acima dos 50 anos poderão se vacinar até sexta-feira Foto: Divulgação

Inicia nesta quarta-feira (14), no Rio de Janeiro, a vacinação contra a Covid-19 para agentes de segurança e salvamento da ativa. Estão inclusos no grupo: Policiais civis, policiais militares, agentes penais, policiais rodoviários federais e bombeiros que trabalham no estado.

Paralelamente ao início da fase de vacinação para os agentes, termina a vacinação dos profissionais de saúde das corporações.

LOCAIS DE VACINAÇÃO
Para os PMs, a vacinação ocorrerá apenas nos batalhões e unidades militares da corporação. Enquanto isso, o Complexo de Ensino e Instrução Coronel Sarmento, em Guadalupe, e unidades do bairro do Campinho, onde fica a 1ª Policlínica do CBMERJ (Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro), serão utilizadas para a imunização dos bombeiros, na Zona Norte da capital.

Para garantir a segurança e a organização durante a imunização, estão previstas sansões para punir tentativas de burlar o critério de prioridade das vacinas, entre outras normas rigorosas. O calendário, bem como a lista dos beneficiados e os próximos locais de vacinação serão atualizados e divulgados durante a campanha de vacinação, que será feita com a CoronaVac.

No caso dos policiais, a primeira fase será destinada a vacinar agentes na ativa com mais de 50 anos. A previsão é de que cerca de 20 postos de vacinação sejam instalados nos batalhões e unidades militares com funcionamento das 9h às 16h. Agentes com 56 anos ou mais devem se vacinar no dia 14, enquanto os que tiverem entre 52 e 55 anos ficam para o dia 15 e, por fim, agentes com 51 anos terão o dia 16 para se vacinar.

Para os bombeiros, o funcionamento também será das 9h às 16h e até sexta-feira (16), estima-se que cerca de 1.200 doses sejam aplicadas apenas em dois polos de vacinação que serão montados: Um em Guadalupe e outro em Campinho.

Todos os bombeiros lotados nas unidades que fazem parte do Complexo de Ensino e Instrução serão vacinados em Guadalupe, enquanto em Campinho, estão listadas as unidades: 8º GBM (Quartel de Campinho), Comando de Área I – Capital, Diretoria de Assistência Social, 2º GBM (Quartel do Méier), DBM 1/2 (Destacamento de Ramos), DBM 2/M (Destacamento de Piscinão de Ramos), DBM 1/8 (Destacamento de Realengo), 12º GBM (Quartel de Jacarepaguá), GPreve (Grupamento de Prevenção em Estádios) e Odontoclínica e Policlínica de Campinho.

POLO GUADALUPE
Podem se vacinar os bombeiros de todas as unidades que fazem parte do Complexo de Ensino e Instrução. O polo fica localizado na Avenida Brasil, 23.800.

POLO CAMPINHO
Podem se vacinar os agentes das seguintes unidades: 8º GBM (Quartel de Campinho), Comando de Área I – Capital, Diretoria de Assistência Social, 2º GBM (Quartel do Méier), DBM 1/2 (Destacamento de Ramos), DBM 2/M (Destacamento de Piscinão de Ramos), DBM 1/8 (Destacamento de Realengo), 12º GBM (Quartel de Jacarepaguá), GPreve (Grupamento de Prevenção em Estádios) e Odontoclínica e Policlínica de Campinho. O polo fica localizado na Rua Domingos Lopes, 336.

Leia também1 Líder do Governo defende CPI com "todos vacinados"
2 Covid-19: OAB aprova compra de vacina para imunizar advogados
3 Olavo de Carvalho é internado por complicações respiratórias
4 EUA levam a sério provocações do Irã com anúncio sobre urânio
5 MEC desmente Folha em suposta 'omissão' sobre fraude do FIES

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.