CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Romero Britto fará quadro homenageando Bolsonaro

RJ: Cedae inicia tratamento da água com carvão ativado

Produto deve combater os efeitos da substância geosmina em estação de tratamento

Camille Dornelles - 23/01/2020 10h27 | atualizado em 23/01/2020 10h47

Fachada do edifício-sede da Cedae, no Rio de Janeiro Foto: Agência Brasil/Tomáz Silva

A Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), que abastece a cidade e Região Metropolitana do Rio de Janeiro, iniciou nesta quinta-feira (23) o tratamento da água com carvão ativado. O produto será usado na Estação de Tratamento de Água do rio Guandu.

A Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio (Agenersa) confirmou a informação. A agência recebeu um relatório da Cedae nesta quarta-feira sobre a qualidade da água entre os dias 9 e 18 de janeiro. A agência será responsável por analisar o quanto os parâmetros estão contra as normas da Vigilância Sanitária Municipal.

Enquanto isso, o carvão ativado deverá auxiliar no combate à substância geosmina, que provoca mudanças no gosto e odor da água. A geosmina é provocada pelo aumento de algas no rio e essas algas, por sua vez, se proliferam em ambientes poluídos.

Se a Agenersa comprovar falhas da Cedae, a concessionária de água e esgoto pode pegar uma multa de até R$ 5 milhões.

Leia também1 Prefeitura do RJ não disse que água da Cedae tem esgoto
2 RJ: Esgoto irregular afeta afluentes do rio Guandu
3 Polícia investiga se água da Cedae foi alvo de sabotagem


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo